fbpx

Marketing de diferenciação: saiba 4 estratégias para seu negócio

Quem está familiarizado com o marketing digital, já deve saber que existem diversas estratégias que podem ser utilizadas para atingir o público-alvo e alcançar os resultados desejados. Uma delas é o marketing de diferenciação, estratégia diferenciada de marketing que busca destacar uma empresa dentro de um mercado tão competitivo quanto o atual. Fique com a gente e descubra como empregá-la pode ser útil para o seu negócio.

Marketing de diferenciação: saiba 4 estratégias para seu negócio
Veja aqui marketing de diferenciação exemplos | Foto: Unsplash

O que é marketing de diferenciação?

A diferenciação é a capacidade de uma marca ser percebida pelos clientes como diferente das demais. Cabe ressaltar aqui que nem sempre ser diferente significa ser a melhor no seu nicho. O foco é a empresa se destacar agregando valor, seja no seu produto ou na experiência do consumidor.

Portanto, o marketing de diferenciação nada mais é do que um conjunto de estratégias que promovem esse distanciamento da marca com as demais atuantes no seu nicho. Ao se destacar, a empresa torna a concorrência irrelevante no momento da escolha do cliente.

Pense na seguinte situação: duas barbearias em uma mesma rua. Uma delas é um negócio bastante antigo e já possui autoridade com os clientes. A outra acabou de ser aberta e ainda não possui o mesmo reconhecimento com os clientes.

Porém, enquanto a mais antiga oferecia apenas os serviços básicos de corte de cabelo e barba, a outra decidiu usar estratégias de diferenciação. Além dos serviços básicos, a barbearia mais jovem investiu na criação de um espaço mais acolhedor e na melhora da experiência do cliente.

Oferecendo uma experiência de serviço única, a segunda barbearia se destaca da concorrência. Dessa forma, é provável que mais pessoas acabem escolhendo a barbearia nova em detrimento da que possuía maior autoridade. 

Marketing de diferenciação: exemplos

Essa estratégia diferenciada de marketing já é utilizada por diversas empresas de vários setores ao redor do mundo. Elas buscam se diferenciar por experiências de compra únicas, pela autoridade e pelo reconhecimento de marca. Para compreender melhor o marketing de diferenciação, veja alguns exemplos reais:

Subway

Um exemplo de sucesso da estratégia de diferenciação é o caso da rede de fast food americana Subway. Essa fatia do mercado de alimentos é conhecida por oferecer produtos altamente calóricos e ultraprocessados. Contudo, esse estereótipo não se aplica ao Subway.

A rede, fundada em 1965, desde o início buscou se diferenciar das demais cadeias de fast food. O restaurante busca oferecer opções mais saudáveis e uma experiência única de compra: o cliente escolhe todos os ingredientes que vão compor seu sanduíche.

Através das suas campanhas de marketing, a rede de restaurantes reiterou as suas particularidades em relação às demais empresas do ramo. A escolha das cores da marca (verde e amarelo) e o próprio slogan da marca, que durante anos foi “Eat Fresh” (coma alimentos frescos), contribuem para a construção da imagem saudável.

Durante o começo dos anos 2000, nos EUA, a empresa investiu pesado em uma campanha com Jared Fogle. Esse homem diz ter perdido 111kg por comer os sanduíches da Subway. Ao longo de vários anos, ele foi o garoto propaganda da marca em solo americano, onde aparecia nos comerciais oferecendo dicas de alimentação saudável. A parceria só acabou após ele ser condenado por pornografia infantil.

Natura

Outro exemplo bastante nítido do marketing de diferenciação é o da Natura. A empresa de cosméticos brasileira, fundada em 1969, se diferencia das outras marcas do seu setor por seu apelo sustentável e responsabilidade ambiental.

Seu compromisso com a questão do meio ambiente é compartilhado com os seus clientes por meio das campanhas publicitárias que ressaltam a relação com a natureza. Inclusive, o próprio nome da marca instiga a interpretação de uma empresa ligada à sustentabilidade.

Outro ponto forte na estratégia de diferenciação da marca é a reiteração de que a mesma é genuinamente nacional. Em diversas oportunidades, a empresa ressalta isso, por exemplo, quando lançou a campanha “Natura: A casa de perfumaria do Brasil”.

Ao ressaltar o comprometimento com a preservação da biodiversidade, em especial a brasileira, além da busca por ingredientes mais naturais e de qualidade, a Natura agrega valor aos seus produtos por oferecer uma experiência de compra única aos seus consumidores.

Como utilizar o marketing de diferenciação no meu negócio?

Como você pode perceber pelos exemplos citados, a diferenciação ajudou essas empresas a agregarem valor aos seus produtos e serviços. Mas essa modalidade de marketing não é útil apenas para as grandes empresas, seu negócio de pequeno ou médio porte também pode utilizá-la. Veja algumas estratégias de diferenciação para destacar sua marca das demais:

Branding

Para conseguir sucesso nas estratégias de diferenciação, é necessário ter um branding bem definido. Esse termo está relacionado com a construção da imagem da marca, o que inclui não só a identidade visual, como também os propósitos e valores da mesma.

O branding visa instigar sensações e gerar vínculos entre a marca e seus clientes. Um exemplo que podemos citar é a Coca-Cola, que nas suas campanhas mais recentes ressalta tópicos como amizade, amor, família e diversão.

Dessa forma, ela agrega ao seu produto valores intangíveis (que não estão realmente ligados a ele) e que afetam positivamente a imagem da marca. Portanto, construir uma identidade para sua marca e comunicar os valores e propósitos da mesma são prioridades para se destacar.

Serviços associados

Essa é uma estratégia muito interessante e que costuma trazer bons resultados. Ela consiste na oferta de serviços exclusivos em conjunto com a compra do produto da sua marca. Dessa forma, busca-se criar uma experiência única para o consumidor.

Podemos pensar no exemplo de uma loja que oferece um prazo maior de garantia ou em uma barbearia que além do corte oferece café e drinks. Essas experiências exclusivas agregam valor ao produto e o distanciam dos demais serviços oferecidos pela concorrência.

Personalização

Essa é uma dica que também está pautada na melhora da experiência de compra dos consumidores. É importante que a empresa entenda que cada cliente é uma pessoa diferente e, apesar de compartilhar interesses com outros integrantes do público-alvo, ele possui suas próprias motivações.

A partir disso, é possível personalizar o processo de compra e otimizar a experiência do consumidor com a sua marca. Ter essa preocupação transparece interesse em solucionar as dores específicas do cliente e faz com que o mesmo enxergue a marca de maneira diferenciada em relação à concorrência.

Oferta

A diferenciação da oferta é quase que uma síntese das outras estratégias aqui citadas. Ela consiste na construção da oferta de um produto ou serviço com valor singular no mercado. Cabe ressaltar que, aqui, o valor não está ligado unicamente ao preço, mas sim ao valor agregado do produto.

O preço não deixa de ser importante para o cliente, mas ele passa a analisar outros aspectos. Para conseguir oferecer um produto de valor singular, é necessário analisar as lacunas entre os desejos do público-alvo e as ofertas existentes no mercado. Dessa forma, você descobrirá como otimizar seus serviços para responder essas demandas. Gostou do conteúdo sobre marketing de diferenciação? Acompanhe nosso blog e descubra como ganhar dinheiro no YouTube.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *