fbpx

Confira 5 dicas de tópicos para criar curso online!

A internet revolucionou vários aspectos da vida em sociedade, inclusive os métodos de ensino. Hoje, é possível aprender sobre diversos assuntos com especialistas de forma totalmente digital, sem precisar sair de casa. Essa convergência de pessoas interessadas em um tema é a essência que molda os cursos online. Por isso, saber como criar e vender cursos online pode garantir uma renda extra. Assim, criar curso online, no mundo digitalizado e cada vez mais tecnológico, é uma forma não só de aprendizado, mas também de como ganhar dinheiro na internet gastando pouco e criando um conteúdo de qualidade em uma área que você domina.

Se você está no processo de pesquisa sobre como criar um curso online do zero para se desenvolver no mercado digital, algumas dicas de tópicos a se considerar no processo podem te ajudar. Confira, abaixo, cinco pontos para prestar atenção na hora de deixar seu curso ainda mais atrativo e bem estruturado!

1- Pesquisar e considerar assuntos do momento

Durante o processo de como criar um curso online do zero, uma das primeiras etapas é decidir sobre qual ou quais assuntos o seu curso irá abordar, e sob qual viés (mais prático, mais teórico, com qual objetivo, entre outros). Para isso, considere realizar uma pesquisa sobre quais tópicos estão sendo debatidos no momento e que podem criar um curso online condizente com a mensagem da marca. 

Crie seu curso baseado no que está em pauta e no que as pessoas mais se interessam em saber naquele momento, buscando tornar a experiência dos alunos com o conteúdo a mais transformadora possível. Assim, a probabilidade de que eles retornem para inscrição em outros cursos futuramente e indiquem para outras pessoas do nicho é maior.

2- Conversar com seu público

A pesquisa sobre o que as pessoas estão comentando com mais intensidade no momento se torna ainda mais útil quando combinada com o conhecimento específico das demandas do seu público-alvo. Ao delimitar quais perfis seriam o cliente ideal para o seu curso, é importante conversar com esses grupos antes de oficialmente investir no processo criativo. 

Liste suas ideias de temas e formas de execução em alguns tópicos, e apresente-as de alguma forma para alguém ou em alguma rede de contato com o público. Escute o que as pessoas pensam sobre o tema, se julgam relevante ou interessante o suficiente para buscarem investir tempo e dinheiro num curso online sobre a questão. Críticas construtivas, ou a validação já unânime da essência do curso, são feedbacks que irão te ajudar a torná-lo direcionado e mais dinâmico.

3- Definir bem a carga horária

Crie seu curso online pensando na melhor experiência possível para os clientes. E, dentro disso, definir o esquema de horários dele é um tópico que merece um olhar atento. Mesmo que um curso online não possua em sua dinâmica o requisito de levar as pessoas a se deslocarem para um espaço em comum, já que todos podem fazê-lo da sua própria casa, isso não descarta a necessidade dos alunos que adquiriram o curso de se planejarem para obterem o máximo de aproveitamento do conteúdo. 

Logo, disponibilizar o total de horas do curso logo na inscrição, assim como a divisão de aulas e uma possível estimativa de duração de exercícios e dinâmicas inclusas, dá mais confiança para as pessoas comprarem e ajuda no aprendizado. 

Confira 5 dicas de tópicos para criar curso online!
Aprenda aqui como criar curso online | Foto: Maya Maceka/Unsplash

4- Fazer um roteiro

Um outro ponto essencial a ser estruturado antes de colocar em prática as etapas de como criar e vender cursos online é a produção do roteiro. A dica, nesse caso, é fazer uma boa organização de ideias, delineando um começo, meio e fim a serem seguidos e compreendidos ao longo do curso online

Fragmente a narrativa e divida em quais aulas serão trabalhados quais temas, quais atividades serão propostas e como poderão ser realizadas na plataforma escolhida. Com um bom roteiro, a gravação e edição, ou a apresentação, no caso de uma aula ao vivo, se tornam mais fluidos, claros e interessantes.

5- Investir em conteúdos extra

Por fim, enquanto você quiser criar curso online, pense no que pode fazer para diferenciá-lo de outras empresas e marcas que também estão desenvolvendo seus métodos de como criar um curso online. Não pense apenas no momento do curso: invista em aulas extras com conteúdos “exclusivos” e complementares à aula, ou conteúdos que podem ser acessados depois do término do curso e que enriquecem os aprendizados obtidos nas aulas. Independente do tema, crie seu curso online com esse material complementando a experiência do cliente. Esse será um meio de inspirar o público a se engajar mais com o processo e sua mensagem.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Entenda como ter engajamento no Twitter

Atualmente, é muito importante que as empresas estejam presentes nas redes sociais para conseguir uma maior divulgação dos serviços e produtos oferecidos e, consequentemente, uma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *