fbpx

O que é necessário para começar a empreender?

Empreender é algo difícil, porém, existem dicas de empreendedorismo que podem ajudar a entrar nesse meio. É preciso lembrar, contudo, que essas dicas devem se aliar a organização, planejamento e paciência. Isso porque o caminho do empreendedor é longo, mas não é impossível de ser trilhado. Além disso, vale a pena lembrar que todas as dicas de empreendedorismo que já foram dadas foram criadas por especialistas, que durante anos reuniram suas experiências em livros e divulgaram para todos. Por isso, cada uma das dicas possui sua importância, algumas, no entanto, podem ser mais úteis no dia a dia.

Saiba o que é empreendedorismo, qual a importância do empreendedorismo e dicas sobre ser empreendedor. | Foto: Freepik.

Dito isso, a seguir, reunimos as principais dicas de empreendedorismo, ou seja, aquelas que podem ser utilizadas facilmente no dia a dia do empreendedor. Além disso, falaremos sobre o que é empreender, a importância do empreendedorismo e os 5 erros que não podem ser cometidos nesse caminho.

O que é empreender?

Nos últimos anos, a palavra empreendedorismo vem sendo utilizada por muitos. Poucos, no entanto, sabem o que é empreender e quais são as consequências dessa ação em nossa sociedade.

O empreendedorismo é o ato de empreender em algo. Empreender, por sua vez, é investir em algo, criar algo. Com isso, é possível dizer que empreender, ou empreendedorismo, está relacionado ao ato de investir. No meio dos negócios, ele é utilizado para falar sobre empresas, mais especificamente sobre criar um negócio

O termo empreendedorismo surgiu no século XVII, com as primeiras referências sendo feitas pelos economistas franceses Jean Baptiste Say e Richard Cantillon. Ambos acreditavam que empreender era a capacidade de produzir, gerir e de assumir riscos.

Em 1942, no livro Capitalismo, Socialismo e Democracia, de Joseph Schumpeter, a palavra empreendedorismo se relaciona à evolução econômica. O autor afirma que o empreendedor era responsável por um processo de destruição criativa. Ou seja, ele destrói o antigo para construir o novo.

Com ambas as definições, atualmente, a palavra empreender está relacionada a investir em novos negócios e criar algo inovador. Sendo assim, o ato de empreender é o ato de criar algo que, até então, não havia sido visto. Na prática, contudo, os negócios podem até mesmo se repetir, porém, os serviços devem se diferenciar de alguma forma para competir entre si. Nessa competição, ganha aquele que foi inovador.

Qual a importância de empreender?

O empreendedorismo é muito importante, seja para o empreendedor, seja para região que irá se beneficiar e, até mesmo, para o país. Isso porque o ato de empreender acarreta diversas coisas que irão ajudar a economia local, de forma macro e micro.

Uma de suas primeiras vantagens é a geração de novos empregos. Toda vez que uma pessoa decide empreender, ou seja, que um novo negócio se abre, um determinado número de pessoas é contratado. Com isso, o número de desemprego cai, ajudando famílias locais e impactando diretamente a economia do país.

Outro benefício relacionado é a fomentação do mercado consumidor, isso porque o empreendedor oferece novos produtos e serviços ao mercado, movimentando a economia. Quanto maior é o número de produtos novos ofertados, maior o dinheiro que circula.

Além disso, o empreendedorismo garante a criação de novas tecnologias e novas soluções tecnológicas. Isso permite que o mercado permaneça em constante mudança e que ocorram avanços que podem beneficiar a sociedade. É possível dizer, para além disso, que as inovações de pequenos empreendedores são mais acessíveis, enquanto as grandes empresas estão sempre nas mãos das camadas mais ricas.

5 erros para não cometer no empreendimento

Empreender é algo difícil e muitos empreendedores cometem erros bem sérios, que podem atrapalhar todo o seu negócio. Por isso, a seguir, listamos os 5 erros que todo empreendedor deve evitar em seu caminho.

1.   Não ter plano de negócio

A falta de planejamento é um dos grandes erros no caminho do empreendedorismo. Isso porque sem um plano, sem organização, o negócio não se sustenta. Pois todos os negócios passam por dificuldades, todo empreendedor comete erros, porém, são com esses erros que aprendemos e a partir deles nos organizamos para algo melhor.

Um plano de negócio tem por objetivo organizar os passos de uma empresa, definir detalhes como público, produto, oferta, caixa, entre outros. Ela será toda a estruturação de uma empresa e, quando não é feita, o empreendedor irá seguir sem as noções básicas de um negócio de sucesso.

2.   Finanças desorganizadas

Ter um negócio exige muito dinheiro, principalmente no começo, quando tudo ainda está sendo estabelecido e ainda não há uma base sólida de clientes. Por isso, o empreendedor deve organizar todos os seus gastos, para garantir que não irá lhe faltar dinheiro. O que ocorre na maioria das vezes, contudo, é que o empreendedor coloca todo o seu dinheiro na abertura do negócio e ignora outras despesas.

Além disso, é preciso criar um limite entre o dinheiro para a empresa e o dinheiro para sua vida privada. Aconselha-se a se ter uma reserva, a não criar dívidas, não vender bens pessoais, como casa e carro, e garantir que tudo pode ser pago.

3.   Não divulgar o negócio corretamente

Um dos principais erros dos iniciantes é não divulgar seu negócio corretamente. Eles selecionam as redes que desejam, não estabelecem um setor de atendimento, não investem em técnicas de Marketing Digital, entre tantos outros erros. Por isso, é muito importante criar uma identidade visual e divulgar sua marca nas melhores redes sociais possíveis. O objetivo é buscar aqueles que podem estar interessados em seus produtos e serviços.

Além disso, anúncios pagos podem ser uma boa solução no início, principalmente em redes sociais como Instagram e YouTube. Eles ajudam a trazer novas pessoas e convertê-las em clientes.

4.   Não estabelecer metas

Um erro muito comum é não estabelecer metas para sua empresa, isso dificulta o crescimento do negócio. Além disso, as metas servem como uma medida de sucesso, para compreender se as técnicas utilizadas estão surtindo resultado ou não. Por isso, sempre estabeleça metas para sua empresa e para sua equipe, faça análises para compreender se elas estão sendo cumpridas e, caso não, identifique o problema e encontre uma solução.

5.   Não conhecer o mercado e seus concorrentes

Muitos empreendedores desconsideram o mercado em que estão incluídos e seus concorrentes. Isso é um grande erro, pois é preciso conhecer o que está sendo feito naquela área, como está sendo feito, o que pode ser melhorado, entre outros detalhes. Além disso, acompanhar seus concorrentes serve para compreender como o negócio funciona, como deve ser gerido, o que está em falta no mercado e muito mais.

Por isso, antes de começar no meio do empreendedorismo, conheça o nicho em que está se inserindo, o que está sendo feito por seus concorrentes e acompanhe-os durante toda a jornada. Agora que já sabe tudo sobre empreender e as principais dicas de empreendedorismo, está na hora de pôr em prática em seu negócio. Mas se você gostaria de ir além e conquistar um novo espaço, nós temos a solução. Com o Método Sirius, criado por Bruno Ávila, é possível se tornar referência em sua área e um verdadeiro empreendedor digital. Com algumas lições básicas, como criar conteúdos assertivos e o melhor momento de publicá-los, é possível crescer na internet. Gostou? Então conheça o Método Sirius!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Seu hobby pode virar sua profissão!

Existem muitas situações em que as pessoas acabam descobrindo um novo negócio através de um hobby. Claro que, é preciso ter muito equilíbrio ao trabalhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.