fbpx

O que o empreendedor precisa para ser bom?

Você já se perguntou: como ser um bom empreendedor? Atualmente, empreender se tornou uma febre e muitas pessoas estão criando seu próprio negócio. Muitos, no entanto, acreditam que é uma missão impossível e, em alguns casos, algo fácil até demais. Acontece que empreender é um grande desafio, que requer preparo e paciência, mas que é muito possível quando se segue algumas dicas. É preciso lembrar, entretanto, que não há uma fórmula correta sobre como ser um bom empreendedor, mas que algumas ações podem facilitar a administração de sua empresa e o crescimento profissional em sua área de atuação.

Saiba o que é empreendedorismo e qual a importância do empreendedorismo. | Foto: Freepik.

Dito isso, a seguir, explicamos o que é empreendedorismo, a importância de empreender e, o mais importante, 5 dicas de como ser um bom empreendedor.

O que é empreendedorismo?

Antes de saber como ser um bom empreendedor, é preciso compreender o que é empreendedorismo. Isso porque não é possível falar de um sem levar em consideração a definição do outro. Mesmo que muito comentado atualmente, nem todos sabem o que é o empreendedorismo e, até mesmo empreendedores possuem dificuldade em entender sobre o que se trata o termo.

Dito isso, é possível afirmar que empreendedorismo é o ato de empreender em algo. Simples! O termo é comumente utilizado no meio dos negócios para falar sobre empresas, mais especificamente sobre criar um negócio. Sendo assim, o empreendedorismo nada mais é do que fazer, realizar uma atividade, que neste caso possui fins lucrativos. Com isso, o empreendedor é aquele que provoca essa ação, ou seja, aquele que está criando e executando seu próprio negócio.

O termo empreendedorismo surgiu no século XVII, mas já era posto em prática na sociedade há mais tempo. As primeiras pessoas a utilizarem essa palavra em suas obras e em seu dia a dia, foram os economistas franceses Jean Baptiste Say e Richard Cantillon. Ambos acreditavam que empreender era a capacidade de produzir, gerir e de assumir riscos.

Foi apenas em 1942, no livro Capitalismo, Socialismo e Democracia, que o autor Joseph Schumpeter associou a palavra empreendedorismo à evolução econômica. Ele afirmava que o empreendedor era responsável por um processo de destruição criativa. Ou seja, ele destrói o antigo para construir o novo. Sendo assim, o objetivo é terminar algo e começar outra coisa, porém, melhor. O intuito é sempre melhorar os negócios, melhorar o mercado.

Com essas duas definições de empreendedorismo, a palavra é utilizada, na atualidade, para definir novos negócios que possuam uma ideia inovadora.

Qual a importância do empreendedorismo?

O empreendedorismo representa um ponto fundamental no país e nos empreendedores. Isso porque em escala maior, o empreendedorismo é uma forma das pessoas adquirirem autonomia financeira, ganharem dinheiro e colaborarem com a economia do país. Em maior escala, o empreendedorismo representa a geração de riquezas para um país. Isso porque ele gera dinheiro, gera empregos e tudo isso contribui com o desenvolvimento local.

Além disso, existem os benefícios sociais, como a contribuição para a queda no desemprego, as ajudas propostas pelas pequenas empresas, as transformações locais, entre outros. Com isso, é possível dizer que o empreendedorismo colabora com o crescimento econômico local, ou seja, de cidades e municípios, para o crescimento estadual e, até mesmo, para o crescimento de todo um país.

Em momentos de crise, por exemplo, o empreendedorismo ajuda a sustentar famílias e garantir que haja movimento econômico. Sem ele, não seria possível a geração de milhares de empregos, que sustentam diversas famílias e impedem que as taxas de desemprego cresçam em todo o mundo.

5 dicas de como ser um bom empreendedor

Se tornar empreendedor é um grande desafio, isso porque empreender envolve gasto de tempo, dinheiro, planejamento e muito mais. Além disso, é preciso estar preparado para determinados problemas, estar atento a algumas questões que envolvem o negócio e, além disso, compreender que empreender pode afetar a vida de muitas outras pessoas, não apenas a do empreendedor.

Por isso, para aqueles que estão começando, ou já estão nesse caminho, mas estão um pouco perdidos, separamos 5 dicas para saber como ser um bom empreendedor.

1.   Valorize sua equipe

Uma das primeiras dicas de como ser um bom empreendedor é valorizar sua equipe. Isso é fundamental, uma vez que nenhum negócio se faz sozinho, todos precisam de uma equipe que auxilia nos negócios. Por isso, é preciso valorizar as pessoas que trabalham para você e com você. Sempre esteja ao lado de seus funcionários, auxiliando com o que for necessário, dando dicas e conselhos, feedbacks, entre outros. Além disso, o reconhecimento no mundo financeiro vem por meio de dinheiro, por isso, se atente aos salários de sua equipe, aos benefícios que recebem e às recompensas.

Lembre-se, no entanto, que não é apenas dinheiro ou apenas palavras de incentivo, o valor vem de diversas maneiras.

2.   Tenha planejamento

Para começar a empreender e seguir com seu negócio é preciso criar um planejamento. Teste novos formatos, crie, ouse, o importante é sempre estar atento. Um plano B, um plano C, eles devem ser criados caso a primeira estratégia não dê certo. O importante é não ter medo de mudar suas estratégias.

3.   Busque por conhecimento

O mercado está sempre em movimento, sempre mudando, com novas informações e novas criações. Com isso, os negócios devem seguir o mesmo ritmo, garantindo que está sempre a par das novidades e garantindo o melhor para seus clientes. Por isso, sempre busque o conhecimento de novos métodos, novas estratégias, novos produtos e outros tipos de novidades.

Busque sempre se adaptar e estar aberto a mudanças, mas cuidado em não perder a essência de sua empresa, ou seja, o que faz dela única. Lembre-se que as novidades devem se fundir ao que há de original em seu negócio.

4.   Utilize estratégias de comunicação

Além de planejamento, é preciso garantir que a comunicação de sua empresa seja a melhor. Isso porque é a partir dela que o seu negócio estará em contato com o público e são as pessoas que garantem parte do sucesso da empresa. Por isso, invista em bons canais, como as redes sociais, e-mail, sites, entre outros. Além disso, estratégias como o oferecimento de newsletters aos clientes, e-mails personalizados, mensagens, entre outros.

5.   Conheça bem seus clientes

Além de uma organização interna, um bom empreendedor conhece seus clientes e está sempre disposto a ajudá-los. Por isso, é fundamental que antes de começar a empreender, o empreendedor conheça seu público, desde a criação de uma persona até a descoberta de suas dores. Ao conhecer seus clientes, uma empresa investe nos tipos certos de publicidade, na criação de produtos e serviços que atendam a essas pessoas, e muito mais. Agora que você já sabe como ser um bom empreendedor, está na hora de pôr todas as dicas em prática! Mas se você quer ir além e se tornar referência no meio em que está inserido, nós temos a solução. Com o Método Sirius, desenvolvido por Bruno Ávila, você aprende quais são as melhores táticas de Marketing Digital para o seu negócio. Entre elas está aprender a criar conteúdos assertivos e descobrir os melhores horários para publicá-los. Gostou? Então saiba tudo sobre o Método Sirius!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Seu hobby pode virar sua profissão!

Existem muitas situações em que as pessoas acabam descobrindo um novo negócio através de um hobby. Claro que, é preciso ter muito equilíbrio ao trabalhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.