fbpx

10 erros para evitar na administração de uma rede social profissional

Atualmente, as redes sociais têm um papel muito importante na comunicação e no marketing da empresa. Isso pois, por meio da gestão correta dessas plataformas, é possível ter um contato mais próximo com os clientes, além de ser possível conquistar um novo público.

De acordo com um relatório realizado pela Oberlo, 54% das pessoas usam as mídias sociais para procurar novos produtos, o que mostra uma grande oportunidade para divulgar o seu negócio. Por conta disso, é muito importante ter uma rede social profissional e saber como fazer uma gestão certa.

Segundo o relatório sobre e-commerce realizado pela Nuvem Shop, as compras realizadas por meio das redes sociais aumentaram de 22% para 34%. Esse número mostra que as mídias sociais servem não só para comunicação e marketing, como para as vendas, sendo então uma maneira de obter melhores resultados. Assim, entender como fazer um gerenciamento de redes é crucial.

rede social profissional
Fazer gestão das sua mídias sociais profissionais fará com que você obtenha melhores resultados I Foto: Unsplash

O que são redes sociais profissionais

As mídias sociais profissionais têm um funcionamento bem parecido com as direcionadas para o entretenimento, no entanto, elas são uma rede social mais voltada para contatos profissionais e negócios. Nessas plataformas, também é possível fazer postagens, curtidas, compartilhamentos e adicionar amigos. A diferença é que tudo isso é feito com o intuito de criar relacionamentos profissionais, logo, são publicados conteúdos relativos ao ambiente de trabalho e suas novidades.

Essa rede social de negócios é utilizada tanto por pessoas físicas, como por empresas. Os indivíduos podem postar conquistas relacionadas ao trabalho, divulgar projetos, fazer networking, publicar o currículo, se conectar com marcas, entre outras funções mais voltadas para si. Já as empresas podem divulgar seus produtos e serviços, publicar textos relacionados à sua marca, fazer ligações com seus funcionários e publicar novas vagas de emprego.

Um adicional que você encontra no gerenciamento dessas redes sociais profissionais é a criação de grupos específicos, que podem ser exclusivamente comerciais ou então mais voltados para uma troca de ideias amigáveis entre os integrantes. De qualquer maneira, esse recurso é muito utilizado pelos usuários para conseguir conhecer novos contatos e empresas, e os negócios o utilizam para achar possíveis candidatos para vagas de emprego.

Como ter redes sociais profissionais

Para conseguir fazer parte de uma rede social profissional, é muito simples. Você só precisa escolher a que seja de sua preferência e fazer o seu cadastro. Dessa maneira, você já terá sua conta em uma plataforma voltada para contatos profissionais e negócios.

Antes de criar um perfil nas redes sociais profissionais que você quer fazer parte, é importante analisar qual mídia é melhor para a sua área e que atende às suas necessidades. Por existirem diversas plataformas, cada uma tem um diferencial que encaixa melhor com um tipo de carreira e um objetivo profissional, por isso, é importante pesquisar qual será mais bem utilizada para você.

É importante salientar a diferença entre as mídias sociais de pessoas físicas e empresas. O primeiro deve usar para fazer publicações mais relacionadas a conquistas pessoais no âmbito profissional, focando mais para si. Já as marcas devem ter um perfil que sirva para promover e divulgar os produtos e serviços oferecidos, pois essas redes servem para promover o negócio.

Qual a melhor rede social para empresas

Ao buscar entrar nesse mundo das redes sociais profissionais, muitas empresas ficam na dúvida de qual plataforma escolher. Por isso, iremos trazer algumas opções.

LinkedIn

O LinkedIn é provavelmente uma das mídias sociais profissionais mais conhecidas, isso pois, atualmente, de acordo com a plataforma, existem 43 milhões de usuários no Brasil, fazendo com que o país seja o quarto maior dessa rede. Além disso, de acordo com um relatório realizado pelo Opinion Box, 36% das pessoas utilizam o LinkedIn pelo menos uma vez ao dia, o que mostra como os usuários são ativos.

Esses expressivos números da rede social profissional se dão, pois, o Linkedin não é apenas um lugar para postar o currículo e esperar que você seja chamado. Por meio dela, é possível vender a sua marca, seja ela pessoal ou profissional. Podendo também fazer conexões com pessoas de todos os lugares, aumentando o seu networking.

Versões

Atualmente, existem duas versões do LinkedIn, a grátis, na qual você pode fazer compartilhamentos, curtidas, comentários e busca por vagas.

E o modelo pago, que inclui quatro planos: o carreira, no qual você pode entrar em contato com recrutadores, se comparar com outros candidatos e adquirir novas competências. O negócios, que você pode desenvolver melhor seu negócio e encontrar pessoas que têm ligação com a sua área. Há também o vendas, que você pode encontrar leads, receber estatísticas em tempo real do seu desempenho e desenvolver relacionamentos com potenciais clientes.

Por último, há também a contratação, que permite encontrar candidatos qualificados com rapidez, entrar em contato com talentos e conversar com os melhores talentos.

Como visto, essa plataforma é muito completa e serve tanto para pessoas quanto para empresas. Ela se encaixa nas diversas necessidades existentes.

Bebee

A Bebee, por mais que não seja tão conhecida no Brasil, é apontada como a grande concorrente do LinkedIn, principalmente, pelo seu método parecido de funcionamento, que permite conexões, compartilhamentos, curtidas, respostas, busca por emprego, contato com candidatos, e muito mais. Além disso, ambas possuem um objetivo semelhante: fazer conexões profissionais e conseguir divulgar sua marca pessoal ou empresarial.

Diferencial

A principal diferença dessa plataforma em relação a outras redes sociais é o fato dela levar em consideração os interesses pessoais de cada um, como por exemplo, o hobby do indivíduo, para fazer as conexões com outros usuários dessa mídia. Com isso, você terá contato com pessoas que têm mais afinidade e, consequentemente, pensamentos e ideais mais parecidos, sejam eles pessoais ou profissionais. A ideia de utilizar esse método é para mostrar a pessoa além de seus atributos profissionais, mas também a maneira dela ser como pessoa.

Colmeias

Outro motivo que faz essa rede se distinguir das outras mídias sociais são as chamadas colmeias, que consistem em grupos de pessoas que discutem sobre um determinado assunto que seja comum entre elas. Além de estimular o debate, essa ação faz com que você conheça usuários semelhantes a você.

A plataforma também permite que você crie um blog com textos seus, permitindo que você explore suas habilidades criativas e exponha suas ideias em um só lugar, fazendo com que outros possam entender melhor seu ponto de vista, assim como conhecer um pouco mais de você e sua escrita.

O melhor de tudo é que essa rede social é totalmente de graça, não existem ferramentas que só podem ser desbloqueadas caso haja o pagamento mensal de uma taxa. Com isso, essa mídia se mostra ser mais informal e democrática.

Xing

O Xing é uma rede social que está no mercado desde 2003, no entanto, por ser de origem alemã, ainda não possui uma grande divulgação no Brasil. Mas aqueles que a quiserem usar, podem selecionar o idioma para português, inglês ou espanhol, facilitando o entendimento.

Atualmente, essa mídia possui 13 milhões de usuários em todo o mundo e busca, assim como outras redes sociais, conectar pessoas que tenham interesses semelhantes, ajudar a divulgar sua marca e encontrar candidatos para as vagas de emprego disponíveis.

Foco

Por mais que atenda às diversas demandas do mercado, essa plataforma é mais voltada para profissionais de negócios, cientistas, acadêmicos e profissionais liberais que buscam algo relacionado a pesquisa e networking com os profissionais certos.

Versões

O Xing, assim como o LinkedIn, também possui uma versão gratuita e uma paga, na qual existem três tipos de planos, o primeiro é o premium, que dá acesso ao perfil daqueles que acessam sua conta, visualização do salário oferecido para certas vagas e um melhor uso dos filtros de pesquisa.

A segunda opção é a Projobs, na qual você consegue se destacar perante os recrutadores, ter acesso exclusivo a empregos com um alto salário e uma análise profissional só seu currículo. Por último, há o Probusiness, no qual você consegue encontrar pessoas com cargos mais altos, assim como ter a ajuda de experts. 

Bayt

Essa plataforma é um pouco diferente das redes sociais vistas até agora. Ela é voltada para empregos no Golfo Pérsico e Oriente Médio, como Tunísia e Emirados Árabes, ou seja, para quem busca trabalhar fora do país. Por conta disso, não há a opção do idioma em português, apenas em inglês, francês ou árabe, o que é bom para já ir praticando.

Assim como as redes sociais citadas, essa mídia busca conectar pessoas, encontrar vagas de emprego para os candidatos e ajudar a vender a sua imagem ou da sua empresa. No entanto, a Bayt vai além disso e também auxilia os indivíduos a montarem seu currículo, que pode ser em formato de vídeo ou escrito, oferece um blog com dicas profissionais e possibilita a avaliação do seu CV por especialistas.

Perfil

Outro grande diferencial desta plataforma é o fato dela decidir o grau de senioridade do seu perfil profissional por meio de habilidades e experiências pré-definidas. Isso faz com que não haja pessoas se passando por profissionais com capacidades acima das que realmente tem. O que prejudica tanto os recrutadores que estão procurando pessoas capacitadas, como os outros candidatos que podem ser passados para trás por conta de informações falsas de um outro indivíduo.

Assim como outras redes sociais, o Bayt possui uma versão gratuita e uma paga, que oferece benefícios como carta de apresentação e avaliação do seu perfil.

Rede social de negócios mais específicas

Além dessas redes sociais mais gerais, que foram criadas para abranger todo e qualquer tipo de profissão, existem plataformas específicas para algumas áreas. Como é o caso da Viadeo, Behance e LinkLei.

Viadeo

A primeira é uma rede social voltada para tecnologia de informação (TI), na qual é possível ligar para seus contatos profissionais, fazer publicações sobre a sua rede e acessar um catálogo com diversos trabalhadores da área.

Behance

A segunda opção é uma rede social feita para artistas que trabalham com imagens, sejam elas fotografias, animações, designers gráficos, entre outras. Nessa plataforma, além de conseguir divulgar seu trabalho e achar vagas e candidatos para empregos, é possível criar seu portfólio.

LinkLei

Por último, o nome já dá uma pista: é uma mídia voltada para advogados, na qual é possível encontrar advogados, escritórios e cursos para aprimorar seu conhecimento.

Como visto, existem diversas redes sociais profissionais que podem atender às suas necessidades, principalmente pois todas são feitas tanto para pessoas como para empresas.  Para escolher a melhor para você, é preciso entender o que você está buscando no momento.

Benefícios redes sociais profissionais

Com algumas redes sociais tendo ferramentas específicas para empresas, como o Twitter for business e a conta profissional no Instagram, algumas pessoas ficam em dúvida quanto à necessidade da criação de uma mídia voltada para contatos profissionais e  negócios. Sabendo disso, iremos mostrar alguns benefícios de aderir esse tipo de plataforma.

Divisão pessoal/profissional

Ao aderir às redes sociais profissionais, você não terá mais o problema de ter conteúdos de entretenimento e de trabalho juntos no mesmo feed. Quando você quiser focar apenas em assuntos ligados a sua área, basta entrar no aplicativo certo e ver sobre isso, mesma coisa quando se trata de entretenimento. Com isso, você consegue separar sua vida pessoal da profissional e aproveitar as duas na mesma proporção.

Consolidação da marca

Utilizar as mídias sociais profissionais permite que você consolide sua marca, seja ela de pessoa física ou empresa. É muito importante fortalecer a sua imagem no mercado de trabalho e isso pode ser feito com excelência em um lugar exclusivo para o trabalho. Assim, as pessoas além de te acharem com mais facilidade, verão que você é profissional e mantém um espaço dedicado para divulgar suas conquistas de trabalho.

Contato

Fazer networking é fundamental para obter sucesso no mundo corporativo atual, e não há lugar melhor para isso do que em redes sociais cheias de pessoas que estão visando a criação de contatos profissionais e o debate sobre assuntos relacionados ao trabalho. Por meio das redes sociais profissionais, é possível conhecer pessoas que estão na mesma área, buscando falar sobre o mesmo assunto e que estejam dispostas a fazer amizades voltadas para os negócios.

Informações confiáveis

Com tantas informações no ambiente digital, às vezes, fica difícil achar matérias e estudos confiáveis sobre determinados temas. Com as redes sociais profissionais isso fica muito mais fácil, pois nelas são compartilhados diversos artigos por pessoas confiáveis que podem ser muito úteis para aprimorar seu aprendizado.

Para ser capaz de ter sucesso no mundo dos negócios, é preciso estar constantemente ligado no mercado e suas tendências, algo que pode ser facilmente feito pelas mídias sociais profissionais. Por meio dessas plataformas sociais, você se conecta com pessoas que estão sempre por dentro dos assuntos do momento e, com isso, é possível sempre saber das movimentações do mercado, assim como ficar atento aos seus concorrentes.

O que é gestão de redes sociais profissionais

Para conseguir se destacar e ir bem nas redes sociais profissionais, não basta apenas ter uma conta e fazer as publicações, é preciso ter uma boa gestão dessas suas mídias sociais.

Esse gerenciamento das mídias sociais é feito quando há um planejamento por trás de cada publicação, uma cuidadosa criação das imagens e textos que serão postados e, por fim, uma análise dos resultados para entender qual estratégia deve ser mantida e qual precisa ser aprimorada.

Além disso, a gestão das redes sociais traça uma estratégia para você ou sua empresa alcançarem o que almejam. Com isso, você vai planejar uma série de ações para que, por meio do planejamento, criação e análise, seja possível alcançar os seus objetivos e ter bons resultados. Isso é um gerenciamento.

É importante reforçar que essa gestão é feita em todas as suas redes sociais, criando um padrão visual e de conteúdo nas mesmas para que elas fiquem unificadas e possam conversar entre si. Isso ocorre pois, atualmente, por conta do uso de tantas redes sociais por parte dos seguidores e consumidores, é preciso adotar estratégias que sejam multimídia.

Tudo isso é feito para passar uma imagem positiva da marca que está sendo exposta, evitando a ocorrência de publicações mal feitas ou que sejam mal recebidas pelo público e acabem deixando uma impressão negativa para os seguidores. Além disso, o gerenciamento também é feito para deixar suas redes sociais com um ar mais profissional e cuidadoso.

Importância e benefícios da gestão de mídias sociais

Por mais que pareça besteira, a gestão das suas mídias sociais é algo muito importante e que faz a diferença na hora de se destacar no mundo digital. Além de ser essencial, esse gerenciamento também traz benefícios.

Identidade visual

Ao organizar as suas redes sociais, é possível criar uma identidade visual que além de remeter à sua essência, fará com que as pessoas sempre lembram da sua marca quando olharem uma determinada paleta de cores ou algum símbolo. Por isso, é muito importante criar uma impressão visual sua.

Público-alvo e persona

Um benefício desse gerenciamento das redes sociais é conseguir entender quem é o seu público alvo para criar uma persona e se basear nela na hora de planejar a criação de conteúdos. Com essa análise fica mais fácil de entender o que seu público gosta e, consequentemente, mais tranquilo de criar os conteúdos.

Visibilidade

Essa gestão também é importante para aumentar a sua visibilidade, conquistando mais clientes e seguidores, além de melhorar seu engajamento. Como citado, atualmente é necessário se fazer presente nas principais redes sociais e, sem um bom gerenciamento, fica difícil dar conta de estar ativo em todas as plataformas.

De acordo com um relatório realizado pela Oberlo, 73% das empresas e marcas que utilizaram as redes sociais como estratégia de marketing tiveram experiências muito positivas. Isso mostra que, ao ter um bom gerenciamento, é possível ter ótimos resultados com as mídias sociais.

Como fazer gerenciamento nas redes sociais

Como visto, a gestão das redes sociais é algo benéfico e tem uma enorme importância para conseguir ter sucesso neste mundo digital. Por conta disso, mostraremos como fazer gerenciamento das plataformas.

Objetivos

Para começar o gerenciamento, é muito importante definir quais são os objetivos das suas mídias sociais, que podem ser atrair novos seguidores, fidelizar consumidores antigos,  conseguir mais tráfego para o seu site, fortalecer a sua marca, gerar leads, aumentar as vendas, entre outros propósitos.

Essa definição da onde você quer chegar com as suas redes é fundamental para seguir para as próximas etapas, além disso, é importante ressaltar que seus objetivos podem se alterar conforme o tempo.

Estratégias

Depois de decididos os seus objetivos, você pode traçar as estratégias que serão utilizadas para atingir o que você deseja, as quais podem ser utilização de anúncios pagos, marketing de conteúdo, criação de comunidades online, uso de SEO, calls to action, entre outras diversas opções. O importante é escolher um plano eficiente e que seja capaz de alcançar o que você deseja. Tudo isso deve ser observado no gerenciamento, heim.

Planejamento

Agora, é preciso começar o planejamento das publicações. Para conseguir se destacar e fazer uma boa divulgação da sua marca, é preciso ser uma pessoa ativa nas redes sociais. Por conta disso, é muito importante fazer a gestão em relação aos dias e horários que serão feitas publicações, é bom lembrar que quanto mais vezes na semana você fizer posts, mais seu perfil aparecerá no feed das pessoas, fazendo com que elas sempre estejam acompanhando seus conteúdos.

Criação

Com os objetivos definidos, as estratégias traçadas e o planejamento feito, é possível começar a criar os conteúdos. Com isso, você tem que começar a colocar em prática os seus planos escolhidos anteriormente, ou seja, se você optou pelo marketing de conteúdo, comece a escrever o texto que será publicado. Caso você tenha escolhido os anúncios pagos, inicie a criação dos mesmos, e por aí vai. Nessa etapa, é onde tudo começa a tomar forma dentro das suas mídias sociais.

Resultados

Após todas essas etapas, você pode realizar a parte final da gestão das redes sociais, que é a análise dos seus resultados. De nada adianta ter todo um cuidado com as mídias sociais se você não observar as métricas, pois isso é muito importante para entender como as pessoas estão lidando com os conteúdos produzidos e se precisa haver alguma mudança.

Para isso, a maioria das redes possui ferramentas próprias para realizar esse diagnóstico, no entanto, também existem aplicativos externos para isso, a escolha é conforme a sua preferência.  Em poucas, mas trabalhosas etapas, é possível fazer um bom gerenciamento das redes sociais e conseguir se destacar e obter bons resultados.

10 erros para evitar na administração de suas redes sociais profissionais

Para te ajudar a conseguir se dar bem com a gestão das suas redes sociais profissionais, iremos mostrar alguns erros que devem ser evitados durante o gerenciamento das suas mídias sociais.

Não se adaptar conforme as redes sociais

Por mais que todas as mídias sociais sejam voltadas para contatos profissionais e negócios, cada uma tem sua linguagem e seus estilos de postagem, e não se atentar a esses detalhes no gerenciamento, pode ser um grande erro. Por conta disso, é muito importante adaptar as publicações para cada plataforma, conseguindo cativar o público de cada uma.

Não conhecer seu público alvo

Para conseguir fazer uma boa gestão das redes sociais, é fundamental conhecer seu público alvo, pois, assim, fica mais fácil entender quais formatos de conteúdos serão mais bem recebidos e irão gerar mais engajamento.

Não ter conhecimento sobre isso fará com que você crie estratégias que têm chances de não dar certo, além de ter mais dificuldades para fazer boas postagens e também gerar uma sensação nos seus seguidores de que você não os conhece.

Não ser ativo nas redes sociais

Para conseguir cativar o seu público e fazer com que eles sempre lembrem da sua marca, é preciso ser constante nas redes sociais. Isso não significa ficar postando apenas por postar, mas trazer conteúdos interessantes com periodicidade.

Se você entrar nas redes sociais apenas uma vez por mês, por exemplo, as pessoas não irão fixar o seu perfil e esquecerão em breve quem você é, e quanto conhecimento você agrega. Esse, definitivamente, é um mau gerenciamento.

Não interagir

Um grande erro que você não pode cometer na hora da gestão das suas redes sociais é o de não interagir. Para conseguir fazer contatos profissionais e aproveitar o melhor que as redes têm para oferecer, é preciso curtir posts, fazer comentários, compartilhar conteúdo de outras pessoas que você tenha gostado, entre outras ações. Por isso, faça questão de interagir, principalmente com suas conexões.

Só querer vender

Por mais que, muitas vezes o seu intuito com as redes sociais seja aumentar as suas vendas, ficar apenas fazendo postagens sobre seus produtos e conteúdos é um erro que você não pode cometer. As pessoas, quando estão nas mídias sociais, querem ver conteúdos diferenciados, como dicas e artigos. Se você ficar focado apenas nas vendas, é muito provável que as pessoas não gostem do seu perfil e deixem de acompanhá-lo.

Ausência de monitoramento

Como já citado, o monitoramento dos seus resultados é algo muito importante e ajuda a entender melhor as suas estratégias e os seus seguidores das redes sociais. Por isso, deixar de monitorar seus resultados, por meio das métricas, é um erro de gerenciamento que não pode ser cometido durante a gestão das redes, pois pode frear o seu sucesso.

Não ter identidade visual

A identidade visual é uma maneira de deixar sua marca nas redes sociais, se diferenciar, passar um tom de profissionalismo e também ser mais facilmente identificado. Não adotar essa estratégia na hora da gestão irá dificultar a criação visual das publicações, além de possibilitar que os seus seguidores te confundam com outras empresas.

Não ter estratégias interligadas

Estar presente nas redes sociais é uma excelente técnica de marketing e comunicação, no entanto, ela sozinha não trará a eficiência que você deseja. É preciso que, além de estar presente nas mídias sociais, você tenha outras estratégias como e-mail marketing e call to actions, que estejam interligadas.

Não ter informações no perfil

Ao entrar nas redes sociais de alguém, seja uma pessoa física ou empresa, é normal querer saber sobre o que esse perfil trata, da onde ele é, se possui algum outro site, e outras informações básicas como essas. Não colocar esses dados na sua biografia pode fazer com que as pessoas percam o interesse ao entrar nas suas mídias sociais, prejudicando o seu engajamento.

Poucos recursos visuais

Por mais que as redes sociais profissionais sejam mais voltadas para a conexão profissional, você não pode deixar de oferecer recursos visuais como imagens e vídeos.  De acordo com um relatório realizado pela Zabisco, as imagens são processadas 60 vezes mais rápido que os textos pelo cérebro e, por isso, 40% das pessoas respondem melhor a informações visuais. Sabendo disso, na hora de realizar a sua gestão, é imprescindível a utilização de recursos que estimulem o visual.

Quem pode fazer a gestão das suas redes sociais profissionais

Empresas na rede social é algo que está se tornando cada vez mais comum e, com isso, surge a dúvida de quem pode fazer essa gestão das mídias sociais. Para acabar com o questionamento, trouxemos três opções.

Você mesmo

O gerenciamento das suas mídias sociais, por mais que seja algo trabalhoso, pode ser feito por você mesmo. Para isso, você precisa estudar para entender melhor sobre o funcionamento das redes e estar disposto para dedicar uma parte do seu dia para essa parte de planejamento, criação e execução. Essa própria gestão das suas plataformas sociais é muito comum para pequenas empresas e empreendedores que ainda estão no início de sua trajetória e não podem arcar com muitos gastos.

Equipe exclusiva

Outra opção é a criação de uma equipe voltada exclusivamente para realizar o gerenciamento das suas redes sociais profissionais, que precisa conter especialistas em comunicação e marketing para te ajudar nessa jornada. Normalmente, essa opção é preferida por pessoas que não tem muita experiência na área e preferem investir em pessoas que façam um excelente trabalho.

Empresas especializadas

Por último, também há a opção de fazer essa gestão das mídias sociais por meio de empresas especializadas, em uma espécie de terceirização, as quais fazem o todo o trabalho para conseguir mais engajamento e melhorar os números. Essa escolha é feita por aqueles que não querem se preocupar com o trabalho de gerenciamento das redes e, também, não se importam em ter um contato tão ativos com essas plataformas, deixando tudo na mão da empresa escolhida.

Ser Notável

Aqueles que procuram a terceira opção, a Ser Notável é a empresa ideal para isso, pois eles estão acostumados a tornar pessoas e empresas em negócios milionários por meio do gerenciamento das redes sociais e gestão de outras plataformas online, como sites.

Esse sucesso é obtido por meio de métodos eficientes que contam com e-books, cursos e muitas dicas. Se você quer saber mais sobre gerenciamento e gestão de redes sociais e muito mais, fique ligado no nosso site e blog.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Entenda tudo sobre o marketing indireto

O marketing é uma área essencial para qualquer empresa. Todo empreendedor deve reconhecer que ele interfere nos resultados obtidos pela companhia, afinal suas ações são

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *