fbpx

Com quantos inscritos ganha dinheiro no YouTube? Veja aqui!

Todos os meses, 105 milhões de brasileiros acessam o YouTube, segundo a Veja. Esse dado foi revelado pela plataforma durante o YouTube Brandcast, um evento do Google voltado para criadores e marcas. Essa informação por si só já mostra o quanto é promissor investir na mídia, seja para divulgar um produto ou faturar dentro da própria plataforma. Por isso, várias pessoas se perguntam com quantos inscritos ganha dinheiro no YouTube. O YouTube é ótimo para ganhar alcance, conquistar público e vender produtos. Ainda, para melhorar, existem formas de ganhar dinheiro da própria plataforma, de maneira direta e indireta. Quer saber como ganhar dinheiro no YouTube? Continue a leitura!

Dinheiro: saiba como se ganha no YouTube | Foto: Unsplash/Szabo Viktor

O que é necessário para ganhar dinheiro no YouTube?

Para ter um canal monetizado na mídia, é necessário fazer parte do Programa de Parcerias do YouTube (YPP) e ter uma conta no Google AdSense. Nos dois casos, é necessário preencher alguns requisitos.

Entre no programa de parcerias do YouTube

No caso do programa de parcerias, o canal precisa ter pelo menos mil inscritos e 4 mil horas de exibição pública válida nos 12 meses anteriores. Ou seja, as visualizações contadas nesse caso serão apenas de vídeos definidos como públicos. Então, os privados, não listados, eliminados, streams não convertidas, stories e campanhas de anúncios não serão considerados.

Crie uma conta no Google AdSense

Já o Google AdSense exige que o usuário tenha mais de 18 anos ou um responsável legal que já tenha alcançado a maioridade. Nos dois casos, tanto para participar do programa de parcerias do YouTube, quanto para criar uma conta no AdSense, é exigido também que os conteúdos do canal atendam às diretrizes da plataforma.

Continue dentro dos padrões da plataforma

Depois de criada a conta no Google AdSense, já é possível solicitar sua inscrição no programa. Então, seu canal será analisado de acordo com as políticas do YouTube. Segundo a plataforma, como eles não podem assistir a todos os vídeos, a análise se resume a alguns pontos, como por exemplo:

  • Tema principal do canal;
  • Vídeos mais assistidos;
  • Vídeos mais recentes;
  • Maior proporção de tempo de exibição;
  • Títulos, miniaturas e descrições dos vídeos.

O YouTube também deixa claro que esses são apenas alguns exemplos do que os revisores levam em conta para decidir se o canal é apto ou não a ser monetizado. Então, pode ser que outras questões sejam consideradas na hora da avaliação.

Também é importante frisar que caso seu canal fique inativo por seis meses, pode ser que o YouTube avalie te tirar do programa de parceiros. Isso também pode acontecer se você violar qualquer uma das políticas de rentabilização da plataforma.

Quanto é possível ganhar com um canal do YouTube?

Se estiver tudo certo com sua conta do Google AdSense e você for aceito no programa de parcerias, já estará apto a começar a ganhar seu dinheiro. O YouTube realiza o pagamento em dólar, utilizando como base a quantidade de impressões de seus vídeos. Só é possível solicitar um saque quando a quantia acumulada chega a US$ 100.

A regra que a plataforma utiliza para remunerar os criadores é a de custo por cada mil visualizações (CPM). Sendo assim, a cada mil visualizações, você pode ganhar entre US$ 0,25 e US$ 4,50, sendo que isso varia segundo alguns critérios.

Portanto, no YouTube o lucro não depende diretamente da quantidade de inscritos. Segundo a IstoÉ Dinheiro, a remuneração de um criador de conteúdo depende dos lugares de onde as pessoas assistem seu canal, tempo de visualização, duração e tipo de vídeos, entre outras coisas. A revista diz que a taxa de CPM pode variar bastante.

Ainda é citada remuneração de alguns influencers. Natalie Burb tem 100 mil visualizações e diz receber de US$ 500 a US$ 1 mil, enquanto outros quatro influenciadores afirmam ganhar de US$ 2 mil a US$ 40 mil com 1 milhão de visualizações.

Quais as formas de monetizar um canal?

Após criar sua conta no Google AdSense e ter sua inscrição aceita no Programa de Parcerias do Youtube, é possível tirar vantagem das diversas formas de monetização que a plataforma oferece. Então, se a sua dúvida é como se ganha no YouTube, fique sabendo que existem vários jeitos e cada um deles possui seus próprios requisitos que serão detalhados abaixo. Confira!

Receita de publicidade

Nessa modalidade você recebe pela veiculação de anúncios em seus vídeos, seja no início, meio ou fim. Os únicos requisitos para conseguir essa monetização é ter mais de 18 anos, ou um responsável que gerencie seu Google AdSense, e criar conteúdos que atendam às diretrizes de conteúdo adequado para publicidade do YouTube.

Clubes dos canais

Os clubes são formas diretas de seus seguidores apoiarem seus conteúdos, pois eles fazem pagamentos em troca de conteúdos exclusivos do seu canal. As exigências para utilizar essa ferramenta não são muito diferentes das outras já citadas aqui. É necessário ter pelo menos 18 anos e mais de mil inscritos.

Estante de produtos

A estante de produtos funciona como uma vitrine dentro da plataforma, em que seus inscritos podem procurar e comprar produtos de você. Nesse caso, além de ter mais de 18 anos, é necessário ter pelo menos 10 mil inscritos no canal.

Ferramentas de transmissão ao vivo

Super Chat e Super Stickers são ferramentas de transmissão ao vivo que servem para que seus inscritos paguem para ter suas mensagens destacadas no chat durante as lives. Para utilizá-las, é necessário ser maior de idade e morar em uma região onde elas estejam disponíveis.

YouTube Premium

Quando alguém assiste a um vídeo seu pelo YouTube Premium, você recebe parte da assinatura deste usuário. Para ganhar dinheiro nessa modalidade, é necessário que seus vídeos sejam assistidos por assinantes do YouTube Premium.

Monetização indireta

Se sua dúvida é como ganhar dinheiro no YouTube, é importante saber que isso não se resume à remuneração da plataforma. Inclusive, ganhar dinheiro por fora pode dar mais retorno para o criador de conteúdo.

Hoje, existem várias marcas que trabalham com pessoas que produzem para a plataforma a fim de divulgarem seus produtos. E, nesse caso, não existe uma quantidade mínima de inscritos, porque essas empresas usam desde os maiores até os nano influenciadores para parcerias.

Você pode também utilizar o canal para promover seus próprios serviços ou produtos. O YouTube, como dito no início do artigo, alcança milhões de pessoas por mês. Portanto, além de fechar parcerias com outras marcas, você ainda pode utilizar a mídia para aumentar suas vendas.

Como ter mais inscritos no YouTube?

Agora que você já sabe como ganhar dinheiro no YouTube, é interessante aprender como aumentar seu número dos seguidores, pois isso pode ajudar muito, principalmente se seu desejo for trabalhar promovendo produtos de fora, sem depender da monetização da plataforma.

Use palavras-chave

O uso de palavras-chave é bastante eficaz para conseguir mais inscritos no YouTube, já que são esses termos que o usuário utiliza ao buscar por um conteúdo. Ou seja, se o título e a descrição dos seus vídeos estiverem fazendo o uso correto das palavras que seu público-alvo costuma pesquisar, seu alcance tem mais chance de ser ampliado.

Faça miniaturas interessantes

As miniaturas são as capas de seus vídeos e os usuários do YouTube não costumam levar a sério o conselho: “nunca julgue um livro pela capa”. Seu conteúdo será sim julgado pela thumbnail, então invista nela. Crie uma capa atraente, que tenha a ver com o assunto tratado no vídeo e cause uma boa primeira impressão no seu público.

Produza conteúdos de qualidade

O conteúdo é a alma do seu canal. Por isso, se você quer saber como ter mais inscritos no YouTube, a dica é: invista em melhorar cada vez mais a qualidade dos seus vídeos. Isso não quer dizer que você precisa, necessariamente, alugar um estúdio, comprar a câmera mais cara e contratar o melhor roteirista. O YouTube é uma mídia bastante acessível, por isso, fazer seu melhor deve bastar.

Comece a escrever roteiros para que seus vídeos tenham começo, meio e fim. Também, tente melhorar sua iluminação, uma ring light pequena já deve ajudar. Assim, seus conteúdos terão mais qualidade e isso pode significar mais inscritos no YouTube.

Mantenha uma frequência

Gravar e editar vídeos é um tanto trabalhoso, mas manter uma boa frequência de postagens pode te ajudar a conquistar uma comunidade fiel no YouTube. Se você se compromete a postar todos os dias ou toda semana, os inscritos acostumam-se a esperar seus conteúdos nessa periodicidade.

Divulgue o canal em outras redes sociais

A divulgação entre redes é bastante poderosa. Ainda mais nos dias de hoje que a maioria das pessoas usam mais de uma rede social. Compartilhando seu canal no Facebook ou Instagram, por exemplo, o público que te acompanha nesses canais conhecerá ele e, eventualmente, será levado a se inscrever, o que fará você ter mais inscritos no YouTube.

Portanto, se você queria saber com quantos inscritos ganha dinheiro no YouTube e como ter mais inscritos no YouTube, acabou de aprender. Agora, se esses são seus objetivos, basta trabalhar para preencher os requisitos exigidos pela plataforma. E, caso o seu problema seja não ter alcançado a quantidade mínima de inscritos ainda, não perca tempo e siga todas as dicas deste artigo!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Entenda tudo sobre o marketing indireto

O marketing é uma área essencial para qualquer empresa. Todo empreendedor deve reconhecer que ele interfere nos resultados obtidos pela companhia, afinal suas ações são

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *