fbpx

Como fazer um desconto vantajoso para o cliente e para a empresa?

Aplicar desconto é uma prática comum que tem o objetivo de conseguir vender mais produtos. No entanto, ao final da compra você pode verificar que o valor pago pode não ter sido muito benéfico como parecia, isso acontece quando essa redução no valor não é realizada de maneira correta. Essa estratégia de persuasão é utilizada por muitos vendedores e, quando o cliente não tem conhecimento, pode ser fácil de aplicá-la. Por isso, descubra como calcular desconto para não cair mais nessa furada e dar descontos reais para os seus clientes.

As estratégias de desconto tem sido uma prática comum dos sites para atraírem cada vez mais clientes. | Foto: Pixabay/200degrees.

O que é desconto?

A palavra “desconto” significa dedução do preço habitual de algum produto ou serviço. Nesse sentido, o verbo “descontar” tem o significado de retirar um montante, geralmente do preço de algum produto ou serviço. Atualmente, no dia a dia da empresa, é possível diferenciar duas categorias de desconto: Desconto Comercial e Desconto Financeiro.

O primeiro é aplicado individualmente a cada serviço ou item faturado e, assim, é representado por um valor percentual incluso no documento. Caso seja válido, podem ainda ser aplicados impostos ou retenções. Entre os exemplos dessa modalidade está o desconto de qualidade, revenda, rapel e bom peso. Veja, a seguir, as explicações de cada um deles:

  • Desconto de qualidade – Atribuído pelo vendedor quando a qualidade dos serviços ou produtos entregues não corresponde ao que tinha sido ofertado;
  • Desconto de revenda – Atribuído pelo armazenista ao retalhista para que possa ser desenvolvida a margem de lucro;
  • Desconto de rapel – Desconto concedido para compradores que excedem um determinado valor de compras;
  • Bom peso – Mercadorias oferecidas pelo fornecedor ao cliente para compensar possíveis danos e quebras.

No desconto financeiro, o desconto é aplicado ao valor total do documento, ou seja, não é aplicado individualmente para cada bem ou serviço. Além disso, essa redução no valor pode ser somada ao desconto comercial. Logo, essa categoria de desconto geralmente é aplicada apenas quando existe pronto pagamento ou pagamento antecipado.

  • Desconto de pronto pagamento – Este desconto é utilizado quando o pagamento é realizado no ato da entrega do produto ou num curto prazo definido entre as partes após a entrega.
  • Desconto de pagamento antecipado – É concedido quando o solicitante paga o produto antes do prazo acordado.

Por outro lado, é comum ouvir falar sobre a ação que está “a desconto” na Bolsa de Valores, porém essa expressão significa que o seu valor de mercado está abaixo do esperado, isto é, a ação encontra-se subvalorizada.

Em contrapartida ao desconto comercial e financeiro, uma ação em desconto não é uma decisão voluntária do vendedor, está ligada à lei da oferta e procura da Bolsa.

Quando dar desconto?

O desconto não é a melhor técnica para atrair clientes, mas quando aplicado de maneira correta pode trazer ótimos resultados. Desse modo, existem algumas situações que não são boas justificativas para serem aplicados descontos, por exemplo, conquista de novos consumidores, vender mais barato que o concorrente, premiar a fidelidade do cliente ou driblar objeções.

Ao aplicar desconto nessas ocasiões você estará esquecendo de alguns valores importantes para a empresa, como diferenciais do negócio, objetivos específicos e o relacionamento a longo prazo com o cliente.

No entanto, existem alguns episódios nos quais essa redução nos preços pode ser realizada de maneira estratégica, por exemplo, quando for aumentar o volume de vendas. Para exemplificar: quando o consumidor está em busca de um computador, você pode oferecer um desconto com a condição dele levar também a mesa de escritório.

O desconto pode ser útil também quando é necessário acelerar a venda de um produto parado no estoque, essa é uma maneira interessante de utilizar o corte de preço. Além disso, pode ser utilizado para incentivar o cliente a voltar à loja, ou seja, oferecer frete grátis ou desconto na próxima compra dele.

Outra técnica que pode funcionar é oferecer uma premiação para os clientes que excederem determinado valor de compra. Assim, o objetivo é oferecer condições especiais para que o consumidor gaste mais.

As estratégias para aplicar os descontos não são apenas visando os motivos, também deve ser analisado o período. Além disso, o desconto não deve ser oferecido antes do processo de compra ou em grandes quantidades.

Como fazer o cálculo certo de desconto?

Para você entender como calcular desconto em porcentagem, é importante ter noção de que os descontos mais tradicionais são feitos de cinco em cinco por cento, por exemplo, 5%, 10%, 15%, 20% e por aí vai. Desse modo, por serem menores, são mais fáceis de calcular. Por outro lado, também é possível ver, principalmente em sites de compra online, descontos de 8%, 13% ou 36%.

Por isso, para saber como calcular porcentagem de desconto é necessário pegar o valor sem redução do preço do produto (V) e multiplicar pela porcentagem (%). Assim, você consegue obter o valor final com desconto (Vf). Portanto, pegue a quantia sem desconto (V) e subtraia pelo resultado da conta anterior, isto é, o valor descontado (Vd).

Exemplo:

– Valor sem desconto (V): R$ 150,00

– Porcentagem de desconto (%): 30%

– Valor descontado (Vd): ?

– Valor final (Vf): ?

150 x 30/100 (ou 0,30) = 45 (valor descontado)

> 150 – 45 = 105 (valor final)

No entanto, se você tem apenas o valor inicial e final e quer descobrir a porcentagem, é preciso fazer o seguinte cálculo: pegue o valor sem desconto (V), em seguida, subtraia pelo valor final com desconto (Vf) e, assim, encontre o valor descontado (Vd).

Agora você consegue fazer as suas compras com tranquilidade e segurança, além de saber realizar as negociações para obter um desconto maior e deixar seus clientes mais felizes.

As lojas estão com descontos cada vez mais variados, por isso, é essencial saber como calcular desconto em porcentagem. | Foto: Pixabay/geralt.

Para finalizar, é importante lembrar que a maneira correta de reduzir o preço de um produto é a que evita ao máximo o prejuízo. Além disso, saber como calcular desconto é essencial para que você consiga realizar negociações em busca de um preço menor, ou para não ser enganado e pagar um preço mais caro no produto.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *