fbpx

Entenda mais sobre os softwares baseados na Web

As tecnologias e a internet estão sempre inovando e o SaaS é uma representação disso. Então, se você pesquisou por “SaaS o que é”, saiba que o SaaS é um dos modelos de negócio mais usados nos dias atuais – muitas empresas que você conhece e que fazem parte do seu dia a dia usam esse modelo de software como serviço. Netflix, Spotify, Google Drive e Dropbox são alguns exemplos. E, isso se deve ao fato de o SaaS ser prático e ter muitas vantagens.

O SaaS é prático e rápido. | Foto: Unsplash/Árpád Czapp.

Quer entender mais sobre o assunto? Continue lendo essa matéria para saber sobre SaaS o que é, como funciona, quais são os seus benefícios e como usá-lo em seu negócio!

O que é SaaS?

Antes de tudo, é preciso entender o que é SaaS. A sigla SaaS vem de Software as a Service (software como serviço, em tradução livre) e, como o próprio nome indica, o SaaS consiste na disponibilização de softwares como serviços na internet.

Assim, não é preciso que a empresa instale e realize manutenções de hardwares ou softwares, basta ter acesso à internet para conseguir acessar esse tipo de plataforma.

E, como não é necessária a instalação do software, serviços assim podem ser acessados tanto no computador quanto em dispositivos móveis, como no smartphone ou no tablet.

Como funciona o SaaS?

Agora que você já sabe o que é um SaaS, vamos explicar como funciona SaaS.

Muitos empreendedores já passaram pela dor de cabeça de ter que instalar diferentes softwares para executar cada função de suas empresas. O processo de tal aquisição envolve muitas etapas, além de exigir altos custos para a manutenção e atualização dos softwares. O SaaS surgiu para dar um basta nesse processo trabalhoso e cansativo.

Com o SaaS, a agilidade e a praticidade são garantidas: basta acessar a plataforma do software pela internet, realizar seu cadastro, fazer o pagamento da solução como um serviço e não como uma licença e pronto, você já consegue usufruir das funcionalidades oferecidas.

Além disso, ao contrário dos modelos de softwares mais antigos, o sistema é disponibilizado pelo fornecedor, ou seja, o usuário não precisa se preocupar com a instalação, a atualização e a renovação da licença, uma vez que isso tudo é responsabilidade do fornecedor. A única coisa que você precisa para acessar o software é a internet. Fácil, não é?

Para que serve o SaaS?

Como já dissemos anteriormente, o SaaS oferece maior agilidade, simplicidade e praticidade para o usuário. Assim, esse modelo surgiu devido à necessidade de se adaptar ao ritmo cada vez mais rápido do dia a dia, que exige respostas imediatas. Uma das principais ideias do SaaS é facilitar o uso de softwares para um empreendimento, substituindo os modelos de antigamente que exigiam um processo cansativo de instalação.

Quais os benefícios do SaaS?

Até agora, explicamos o conceito de SaaS e como esse modelo de software funciona. Mas, por que você deve adotá-lo em seu empreendimento? A seguir, você confere quais os benefícios de utilizar o SaaS!

Redução de custos

No software tradicional, você tem altos custos com a licença, manutenção e infraestrutura. Já com o SaaS, o usuário tem acesso a todas as funções desse software sem ter que pagar preços altos. Após realizar o cadastro na plataforma do software e concluir o pagamento, o acesso é liberado instantaneamente, o que significa que a empresa pode iniciar seu trabalho de forma rápida.

Alta acessibilidade

Uma vez que o SaaS não exige a instalação do software, apenas conexão com a internet, é possível acessá-lo pelo computador, celular, tablet ou em qualquer outro dispositivo, a qualquer hora e em qualquer lugar, por meio da computação na nuvem.

Opções customizáveis

Outro ponto importante do SaaS é a possibilidade de comprar pacotes adicionais ou customizar o serviço para aumentar a eficiência do software.

Atualizações automáticas

Com o software tradicional, a realização de atualizações e manutenções exigem novas e altas taxas. No entanto, com o SaaS, uma vez que o software já está hospedado na internet, as atualizações são feitas de forma automática, evitando a perda de tempo e de dinheiro.

Integração simplificada

Além disso, a maior parte dos provedores de SaaS oferecem APIs (Interfaces de Programação de Aplicativo) que possibilitam fazer a integração com outros sistemas complementares e correspondentes. Assim, a empresa consegue gerenciar de forma contínua os requisitos necessários para atender sua demanda.

Como usar o SaaS no seu negócio?

O modelo de negócios SaaS já é usado por muitas empresas devido a sua praticidade e suas várias vantagens sobre o software tradicional. Porém, antes de adotar esse modelo, é necessário fazer uma análise completa do seu empreendimento para que você tenha uma migração bem-sucedida para o SaaS. Sendo assim, confira como fazer a implementação do SaaS!

Entenda os motivos de se adotar o SaaS

Faça um estudo da empresa para entender os motivos de adotar o SaaS. Por exemplo, em uma pesquisa feita pela Sand Hill com 500 líderes de TI constatou-se que 49% dos entrevistados viram a rapidez como o principal fator que os atraiu para o SaaS. Já, 46% afirmaram que a diminuição dos custos no SaaS chamou-lhes a atenção. Assim, é preciso entender o porquê de se implementar o SaaS.

Avalie a arquitetura e a equipe

Outro ponto importante é analisar quais sistemas e aplicativos já são usados na empresa antes de adotar o SaaS. Depois de realizar esse estudo, é necessário verificar a equipe interna de TI, afinal, o SaaS possui suas especificidades, então é essencial ter uma equipe qualificada.

Analise o contingente de aplicativos

É preciso analisar quantos e quais sistemas e aplicativos a empresa tem, afinal, é extremamente difícil ter controle sobre os vários sistemas presentes em uma organização, além do fato de que ter aplicativos redundantes gera altos custos para a equipe de TI.

Verifique a saúde financeira do fornecedor

É essencial verificar a saúde financeira do fornecedor do software como serviço. Então, estude os resultados do negócio e se o provedor mantém o data center em condições ideais de segurança.

Estude os benefícios reais

O SaaS é prático e tem custos inferiores, já que não é preciso que a equipe de TI instale, configure e teste o software. Entretanto, sem uma boa estratégia e objetivos traçados, não é possível saber se o SaaS realmente será uma fonte de economia. Afinal, o SaaS só vale a pena se os aplicativos na nuvem se comunicarem eficientemente com os sistemas corporativos.

Dessa forma, é possível entender que o modelo SaaS surgiu para revolucionar os negócios, tornando o uso de softwares mais rápido e prático. O estresse com a instalação de um software e seus custos já estão no passado. Então, agora que você já sabe sobre SaaS o que é, como funciona e quais seus benefícios, que tal implementá-lo?

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *