fbpx

Entenda para que serve o sininho do YouTube e qual a sua importância

Quem nunca assistiu a um vídeo em que o youtuber pediu para ativar o sininho do YouTube, seguir o canal e deixar um comentário? Pois bem, eles não fazem esses pedidos à toa, o criador que faz isso está apenas engajando seu canal e seu conteúdo dentro da plataforma. Pois, o sininho, por exemplo, pode ser o grande diferencial para as pessoas receberem seu conteúdo diariamente e, o mais importante, consumirem seus vídeos.

Saiba tudo sobre sininho YouTube. | Foto: Unsplash/Azamat E.

A seguir, explicaremos para que serve o sininho de notificação do YouTube, qual sua importância para o criador de conteúdo e como incentivar seu público a ativar o sininho.

A importância dos sininhos ativados

O YouTube é uma plataforma que permite que seus usuários hospedem vídeos sobre inúmeros assuntos e temas, a fim de que outras pessoas consumam esse conteúdo.

Para que esse consumo seja frequente, a plataforma criou o sininho do YouTube, um botão disponibilizado para todos os usuários que permite que eles aceitem que o YouTube envie notificações sobre determinados conteúdos.

Cada canal dentro da plataforma possui um sininho que pode ser ativado e desativado a qualquer momento, permitindo que o público solicite notificações do canal, seja de seus vídeos ou de outras publicações que podem ser feitas, podendo ser enviadas por e-mail ou pelo sistema de notificações do navegador ou do celular.

Para muitos, o sininho do YouTube pode parecer algo bobo, pois é apenas uma forma de receber notificações. Para os criadores de conteúdo, no entanto, o sininho representa o sucesso de seu canal, visualizações em seu conteúdo e engajamento na plataforma. Isso porque existem inúmeros criadores de conteúdo dentro do YouTube e a plataforma oferece, todos os dias, milhares de opções para seus usuários.

A partir de seu algoritmo, o YouTube indica criadores e conteúdos que se assemelham ao que a pessoa busca, contudo, ele muda frequentemente as indicações. Isso dificulta para o usuário receber os vídeos de um determinado youtuber.

Além disso, os criadores de conteúdo criam uma rotina de publicações, muitas vezes publicam mais de um vídeo por semana. Então, como são muitos vídeos para serem apresentados ao usuário que se inscreve em mais de um canal dentro da plataforma, o YouTube nem sempre mostra os vídeos de um determinado criador. Isso faz com que os inscritos não acompanhem as publicações do youtuber e, consequentemente, que esse criador de conteúdo perca visualizações para um concorrente.

Por isso, o sininho do YouTube é muito importante para o criador de conteúdo e para seu público, pois ele garante que todo vídeo publicado chegue até o usuário.

Sendo assim, o sininho do YouTube serve para engajar seus conteúdos dentro da plataforma, garantindo que os usuários cheguem até o conteúdo o mais rápido possível e, consequentemente, engaje e impulsione as métricas do YouTube a seu favor.

Como ativar o sininho do YouTube?

Se você está se perguntando como ativar o sininho no YouTube, saiba que ativar o sininho do YouTube é algo simples e fácil, pois não é necessário mexer nas configurações da plataforma, apenas clicar no ícone certo.

O primeiro passo é estar inscrito no canal, isso ajuda a mostrar ao YouTube que aquele é realmente um canal que você deseja consumir. Para se inscrever basta acessar o canal do criador de conteúdo e clicar no botão “Inscreva-se”.

Em seguida, clique no ícone do pequeno sino, localizado ao lado do botão para se inscrever no canal. Ao ativar o sininho do YouTube para um determinado canal, você irá notar que o ícone mudará, pois o sino apresentará alguns traços ao lado, como uma indicação de que o sino está tocando, ou seja, de que está te informando algo.

Todo canal possui seu próprio sino, por isso é muito importante que os usuários ativem o sininho do YouTube em todos os canais que estão inscritos e possuem interesse no conteúdo.

Como fazer seus inscritos ativarem o sininho?

Muitas vezes, o público ativa o sininho do YouTube por conta própria, pois compreende que ele garantirá que nenhum vídeo ou postagem se perca. No entanto, não são todos os usuários que possuem esse costume ou que compreendem a importância do sininho para o criador de conteúdo e para si mesmos.

Por isso, é necessário chamar seu público para realizar tal ação, incentivá-lo a ativar o sininho do YouTube, deixar seu like e um comentário sobre o conteúdo.

A forma mais eficaz de fazer isso é no próprio vídeo do YouTube, antes de iniciar o conteúdo, o criador já pode pedir para que seu público ative o sininho para receber as notificações do canal, deixe um like e um comentário falando sobre o conteúdo do vídeo em geral.

É muito importante realizar esses pedidos antes do vídeo ou no final dele, antes do usuário deixar o YouTube ou migrar para um outro canal.

O criador deve fazer esse pedido da forma mais convincente possível, se necessário explicando para que as ações servem e como elas beneficiam o usuário e o criador. Evite imposições, pois o público não é obrigado a ativar o sininho do YouTube, ele deve fazer isso por vontade própria.

Além disso, é possível pedir que eles ativem as notificações em seu banner do YouTube. Assim, sempre que entrarem no canal, os usuários vão visualizar seu banner, com as informações do canal e o pedido de ativar o sininho do YouTube para não perder nenhum conteúdo. Faça uma arte simples, mas que seja chamativa e convincente.

Outro método é deixar o pedido na descrição do vídeo, como um pequeno lembrete do que o usuário deve fazer. Quanto mais vezes o criador de conteúdo informar da necessidade de ativar o sininho do YouTube, maior será a chance de o usuário ativá-lo.

Invista em CTA nos vídeos

Como foi dito, a maneira mais eficaz de garantir que seu público ative o sininho do YouTube é pedindo. Chamar os usuários para uma ação é sempre muito eficiente, esse convite se chama Call to Action, ou CTA, que consiste justamente em chamar as pessoas para realizarem uma determinada ação.

Um exemplo eficiente de CTA é o famoso “clique aqui e confira” ou “clique aqui e faça parte”, esses exemplos funcionam, pois incita o público a conhecer mais sobre determinado conteúdo e fazer parte daquilo.

Um CTA eficiente é aquele que incentiva o público a algo. E, para que esse incentivo seja efetivo, é necessário apostar em um bom título (em caso de conteúdos escritos) ou em uma boa chamada.

É fundamental investir em CTA em seus vídeos, pois é essa chamada que servirá de incentivo para o público.

Lembre-se que a simpatia do criador, a honestidade da informação e a qualidade do conteúdo também influenciam em sua chamada para ativarem o sininho do YouTube. Então, tenha certeza de que não está impondo algo, mas sim oferecendo uma possibilidade, tenha certeza que suas informações são reais, não invente motivos, conte os verdadeiros e crie conteúdos de qualidade, que façam com que os usuários tenham vontade de consumir seu canal.

Além disso, é muito importante que o criador de conteúdo indique ao público como ativar o sininho do YouTube, mostrando onde ele está localizado e como ativar as notificações. Mostre que o processo é simples e rápido, sem nenhum tipo de custo. Agora que você já sabe tudo sobre sininho do YouTube, engajar na plataforma de vídeos ficará muito mais fácil. Porém, se você ainda não está performando da maneira como queria, seja no YouTube, Facebook, Instagram ou outras redes sociais, a solução pode estar no Método Sirius. Criado por Bruno Ávila, o método ensina a todos que desejam saber como criar conteúdos assertivos, engajar nas redes sociais e se tornar referência no mercado. Para saber mais sobre o Método Sirius, clique aqui e comece a se destacar na internet!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *