fbpx

Você sabe o que são as redes sociais e como elas afetam a sua vida?

As redes sociais foram criadas depois de 1990, quando a internet já estava disponível para a sociedade. Logo que o site SixDegrees.com foi elaborado, em 1997, ele ficou creditado como a primeira rede social moderna.

O SixDegrees ficou com esse crédito porque sua configuração era muito parecida com a das redes sociais que existem atualmente e, durante seu auge, alcançou 3,5 milhões de membros.

Quando foi encerrado em 2001, outras redes sociais já surgiam na internet. Algumas dessas redes sociais ficaram muito populares e são lembradas até hoje, como o Orkut, o MySpace, hi5 e o Friendster.

Redes Sociais
O que são as redes sociais e como elas afetam a sua vida | Foto: Freepik

Redes sociais que são usadas nos dias de hoje, como Facebook e LinkedIn também surgiram nos anos 2000.

As redes sociais não pareciam que algum dia teriam um impacto tão grande na vida das pessoas. Pelo menos não da maneira que elas têm hoje.

Até porque, até agora, as pessoas parecem não ter ideia sobre o que são as redes sociais de verdade. Imagina quando elas surgiram…

O desejo de se conectar é muito grande. E as redes sociais aparecem como uma solução perfeita, já que elas permitem que o usuário se conecte com pessoas que estão do outro lado do mundo.

Só que as redes sociais acabaram tendo uma função a mais, além de apenas conectar pessoas. Hoje, elas podem ser usadas como forma de divulgação do trabalho que uma pessoa exerce, ou então como forma de divulgar uma marca.

Mas, não é só isso. As redes sociais chegaram a se tornar um vício na vida de algumas pessoas, afetando sua rotina.

Para saber mais o que são redes sociais vantagens e desvantagens e como elas afetam a sua vida, leia o texto até o final. Vamos juntos nessa!

O que é?

Você sabe realmente o que são redes sociais? Elas são espaços virtuais que permitem que os usuários se relacionem enviando mensagens, compartilhando conteúdos, entre outros.

As redes sociais são sites e aplicativos que agem em diversos níveis, desde relacionamentos, como o Tinder, até profissionais como o LinkedIn.

Independentemente de qual é o nível da rede social, as redes sociais  sempre seguem o mesmo padrão, permitindo que os usuários compartilhem informações entre si.

Segundo o DataReportal em sua última pesquisa realizada em 2020, os brasileiros costumam passar em média 3 horas e 21 minutos por dia nas redes sociais.

As redes sociais têm diferentes públicos, logo, diferentes funções. Porém, quando são usadas no trabalho ainda causam uma grande discussão: as redes sociais são motivo de distração ou geram produtividade?

Contudo, as redes sociais continuam sendo muito usadas por empresas que buscam crescer no meio digital.

Atualmente, várias estratégias de marketing utilizam o ambiente digital e, em especial, as redes sociais para darem um “up” nas empresas, aumentando o conhecimento e a autoridade delas no mercado.

Como surgiu?

Como já foi falado, as redes sociais surgiram a partir do ano de 1990, após a internet já estar sendo usada por grande parte da população.

Apesar de o site SixDegrees.com ser declarado como a primeira rede social moderna, a primeira rede social a existir foi a Geocities em 1994, fundada por David Bohnett e John Rezner.

O objetivo das redes sociais sempre foi poder conectar as pessoas que se encontram distantes umas das outras, além de permitir que amigos compartilhem momentos mesmo quando não estão juntos.

Principais redes sociais: antes e agora

É fato que as redes sociais evoluíram com o passar do tempo, se modificando para conseguirem atender as demandas dos usuários e, também, para conseguir ainda mais usuários.

As redes sociais antigas que mais ficaram famosas foram: o Orkut, o Flickr, ambos criados em 2004. E outras redes sociais como o mIRC, o ICQ, o MSN Messenger, o Fotolog e o MySpace.

Algumas redes sociais que hoje são muito populares surgiram anos atrás, como é o caso do Facebook, do Twitter, do Instagram e do WhatsApp.

A diferença é que essas redes sociais evoluíram com o tempo, chegando ao que são hoje. Ao contrário das mais antigas que só deixaram memórias para a sociedade.

Hoje, as redes sociais mais utilizadas pela população brasileira são:

  1. Facebook: a rede social possui mais de 2,7 bilhões de contas ativas no mundo, sendo 130 milhões delas brasileiras;
  2. WhatsApp: é uma das redes sociais mais populares entre os brasileiros, com 120 milhões de contas no país;
  3. YouTube: Os usuários são restritos entre 18 e 65 anos, mas chegam a um total incrível de 105 milhões postando e assistindo vídeos todos os meses;
  4. Instagram: está em quarto lugar entre as redes sociais mais usadas e possui mais de 95 milhões de brasileiros como usuários;
  5. Facebook Messenger: foi separada da plataforma do Facebook em 2016 e precisa de um download separado, conta com dezenas de milhões de usuários, mas as redes sociais não divulgam um número exato;
  6. LinkedIn: uma rede social voltada para profissionais, possui cerca de 46 milhões de usuários ativos;
  7. Pinterest: possui um total de 38 milhões de usuários brasileiros;
  8. Twitter: é uma rede social que teve o auge em 2006, então agora existem apenas 16,6 milhões de usuários brasileiros ativos, mas ainda está entre uma das redes sociais mais usadas;
  9. TikTok: uma das redes sociais mais utilizada no país, conta cerca de 13 milhões de usuários;
  10. Snapchat: possui 11 milhões de usuários brasileiros.

Benefícios e malefícios das redes sociais

Mas é claro que as redes sociais, assim como tudo nesse mundo, possuem suas vantagens e desvantagens.

As redes sociais foram absorvidas pela população mundial e elas se tornaram uma parte integrante da rotina de todas as pessoas.

Para as empresas que buscam trabalhar com as redes sociais, elas apresentam algumas vantagens, como: a possibilidade de compartilhar a visão da empresa, de segmentação do público e de personalizar a mensagem, além da interação direta com o cliente.

No geral, as redes sociais possuem vários outros benefícios que são oferecidos para os usuários que querem apenas passar o tempo.

Por exemplo, as redes sociais aproximam as pessoas que estão em locais distantes, permite uma interação em tempo real, oferece uma solução rápida de comunicação para um grande grupo de pessoas etc.

Contudo, as redes sociais não são apenas benéficas. Tudo que tem vantagem, também tem desvantagem, e o mesmo acontece com as redes sociais.

Entre as desvantagens das redes sociais estão: a falta de privacidade, a facilidade na divulgação de informações falsas (as famosas “fake news”), a divulgação de ódio por perfis falsos, além da possibilidade de causar dependência no usuário.

Então, as redes sociais foram criadas décadas atrás para conseguirem aproximar a sociedade e foram evoluindo com o passar dos anos.

Mas, as pessoas sempre precisam lembrar de tomar cuidado porque não existe algo que seja 100% benéfico. Assim como as redes sociais podem solucionar diversos problemas, elas também podem criar.

Método Sirius

Muitas pessoas pretendem usar ou já usam as redes sociais de maneira profissional. No entanto, boa parte desses empreendedores digitais não atingem os resultados esperados, mesmo postando com frequência no Instagram e no Facebook, ou publicando vídeos no Youtube. Este é o seu caso? Então, o Método Sirius foi feito para você. Com ele, você irá:

  • Criar conteúdos que gerem resultados rápidos e a percepção imediata de autoridade;
  • Postar conteúdo certo, no momento certo e na frequência certa;
  • Ganhar reconhecimento, visibilidade, seguidores e um negócio on-line milionário.

Além disso, com o Método Sirius, você terá à sua disposição lives exclusivas, onde seu projeto poderá ser analisado ao vivo; um grupo de acompanhamento, que inclui o criador do método, Bruno Ávila, e outros grandes notáveis e, ainda, receberá todas as atualizações durante um ano. Para ter acesso a tudo isso e muito mais e ainda conhecer cases de sucesso do Método Sirius, acesse o site e cadastre-se na lista VIP!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Entenda tudo sobre o marketing indireto

O marketing é uma área essencial para qualquer empresa. Todo empreendedor deve reconhecer que ele interfere nos resultados obtidos pela companhia, afinal suas ações são

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *