fbpx

Clubhouse: 6 maneiras de ganhar dinheiro com a nova rede social

A rede social Clubhouse, que já está viralizando na Internet com uma enorme quantidade de usuários, chegou para ficar e está se tornando uma das plataformas queridinhas dos internautas. No começo de fevereiro, o aplicativo teve mais de 8,1 milhões de downloads em todo mundo, acumulando um crescimento de 100% dos usuários na plataforma em um período de 16 dias. Os dados foram divulgados pela App Annie, empresa de pesquisas que também revelou que a popularidade do Clubhouse é maior no Reino Unido, Brasil, Alemanha, Japão e Turquia.

o que é o Clubhouse
Saiba algumas maneiras de ganhar dinheiro com o Clubhouse | Foto: unsplash.com

O que é o Clubhouse

O Clubhouse é uma plataforma de conversas em grupos com áudios apenas. Criada por Paul Davison e Rohan Seth, que trabalhavam no Pinterest e no Google, respectivamente, e lançada em março de 2020, nos Estados Unidos, ele lembra uma plataforma de rádio ao vivo, mas com interações de outros participantes. O anfitrião pode criar uma sala para compartilhar o que quiser com os convidados ali presentes. Você ainda pode seguir amigos, criar uma bio e solicitar ou sugerir salas para entrar.

Até o momento, a rede social só está disponível para sistema operacional iOS, mas sua popularidade aumentou muito este ano após Elon Musk, fundador da Tesla, e Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, terem criado uma conta no Clubhouse e até convidado o presidente Vladimir Putin, na Rússia. No Brasil, outros famosos como Tatá Werneck, Boninho, Anitta, Preta Gil e Luciano Huck já entraram em salas públicas.

Como participar do Clubhouse

O acesso para o aplicativo pode ser um pouco complicado, além de só estar disponível em sistema iOS (iPhone, iPad ou Mac), você irá precisar de um convite Clubhouse após cadastrar seu número e usuário. Ou seja, um dos seus contatos que está na plataforma precisa autorizar o seu acesso na rede social. Os criadores ainda estão desenvolvendo uma versão para o sistema Android. A ideia do Clubhouse está sendo tão falada que até o Twitter está pensando em trazer salas de áudio em sua plataforma.

Como ganhar dinheiro com Clubhouse

Alguns usuários já encontraram uma forma de ganhar dinheiro com a rede social sem anúncios e gratuita. A seguir, saiba seis maneiras para ganhar dinheiro com Clubhouse!

ganhar dinheiro com Clubhouse
O Clubhouse é um aplicativo de conversas de áudios em salas | Foto: unsplash.com

Monetização Clubhouse

Recentemente, o Clubhouse anunciou um recurso de monetização para criadores de conteúdo dentro da plataforma. O aplicativo fechou uma parceria com o serviço Stripe para apresentar pagamentos, uma maneira de um apoiador enviar dinheiro diretamente para o seu profissional favorito. Até o momento, essa forma está sendo testada em um pequeno grupo de creators, mas já é bom ficar de olho.

Investimento

Fundadores, startups e microempreendedores estão encontrando salas fechadas onde é possível apresentar o seu negócio para os participantes ali mesmo. São grupos pequenos com investidores e uma chance para mostrar seu trabalho para mais pessoas e ganhar um apoio para isso.

Conversas com marcas

As marcas e negócios digitais também podem ganhar dinheiro com a propaganda e força de publicidade que o aplicativo possui. Por exemplo, você pode criar uma sala da sua empresa e propor conversas entre executivos, criadores, co-fundadores e outros membros da equipe, incentivando um trabalho ou oferecendo palestras sobre um determinado projeto.

Patrocínios e parcerias

Com o patrocínio de marcas e empresas para a criação da sua sala, você pode criar uma parceria que beneficie os dois lados da organização e ainda estimular seus convidados a investir nos seus negócios e nos do seu parceiro. Assim, você terá apoio financeiro para a criação de uma sala e ainda poderá estimular o engajamento para a marca que está auxiliando na propagação de suas ideias para outros membros.

Uma das funções do patrocínio é relacionar uma empresa, produto ou serviço a algum tipo de projeto, seja ele em âmbito esportivo, cultural, ambiental, social e, no que importa para nós, de negócios. Esse vínculo deve ser a junção ideal entre os dois integrantes para que haja a percepção e o engajamento do público-alvo. É muito importante que você escolha parceiros e marcas que se relacionem com o seu produto ou serviço e abordem temáticas semelhantes.

Salas pagas

Na mesma linha, criar uma sala paga com um influenciador ou uma marca grande pode gerar lucros para os dois lados. Agora, com a popularização do Clubhouse, já tem alguns influencers e personalidades da mídia que estão cobrando uma taxa para ter acesso ao conteúdo dentro dos grupos de áudio.

Criação de conteúdo

Por fim, é possível utilizar o Clubhouse para ajudar outros usuários na criação de conteúdos, trabalhos, bios detalhadas, descrição de produtos, templates para postagem ou outros serviços pagos. Essa pode ser uma maneira alternativa de conseguir um emprego de freelancer e ganhar alguma monetização utilizando a rede social. Afinal, o Marketing de conteúdo ainda é uma das mais poderosas ferramentas de Marketing Digital atualmente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *