fbpx

Confira como fazer o YouTube recomendar seus vídeos

Crescer no YouTube pode não ser uma tarefa fácil, afinal, a rede é extremamente disputada. Todos os dias, milhões de criadores postam seus vídeos esperando receber muitas visualizações. Por isso, dicas para destacar conteúdos na plataforma são sempre bem-vindas, especialmente quando o assunto é como fazer o YouTube recomendar seus vídeos.

Quer saber como mudar os recomendados do YouTube e como começar um canal no YouTube? Continue a leitura!

Como funciona a recomendação do YouTube?

O YouTube recommendations desde sempre deixou claro que sua principal preocupação é com a experiência do usuário. Assim, os recomendados do YouTube seguem esse padrão. A plataforma utiliza essa ferramenta para garantir que todos a utilizem da melhor forma, assistindo aos melhores vídeos e os que tenham a ver com seus gostos.

Youtube videos recomendados, como começar um canal no Youtube, Youtube recommendations, como mudar os recomendados do Youtube, como recomendar canais no Youtube, recomendados do Youtube, recomendação do Youtube
O youtube vídeos recomendados pensa na experiência do usuário | Foto: Unsplash/CardMapr.nl

Usuário logado

Quando o usuário acessa a plataforma logado, não como anônimo, o site faz essa recomendação baseada no que o indivíduo assiste, quanto tempo ele passa assistindo, o que gosta, o que não gosta, além de levar em conta os feedbacks dados por meio do “Não tenho interesse” e em pesquisas de satisfação.

O YouTube utiliza inteligência artificial para indicar os melhores conteúdos para seus usuários. O site aprende seus gostos na medida em que você o utiliza e, com isso, te recomenda vídeos que você tem tendência a gostar. O YouTube quer que o usuário fique o máximo de tempo possível assistindo aos vídeos, por isso, faz recomendações pensando em prender sua atenção.

Usuário anônimo

Quando a situação muda e as recomendações analisadas são as dos perfis anônimos, uma pesquisa do Pew Research Center chegou à conclusão de que os conteúdos mais recomendados pelo YouTube são os que possuem mais visualizações.

Isso é provado quando os números da pesquisa são levados em conta. Pois, durante o estudo, 64% das recomendações recebidas foram para vídeos com mais de 1 milhão de visualizações. Enquanto apenas 5% das recomendações do YouTube levaram em conta vídeos com menos de 50 mil visualizações.

No fim, a pesquisa concluiu que vídeos mais longos e mais populares possuem mais chances de ficarem entre as recomendações da plataforma. Além disso, vídeos musicais, competições de TV, conteúdos infantis e tutoriais foram as categorias mais recomendadas.

O que é necessário para aparecer nas recomendações do YouTube?

A principal dica que o YouTube oferece para os que querem ter seus vídeos nas recomendações é focar em produzir um conteúdo excelente e 100% original. Isso quer dizer que a plataforma preza por vídeos autorais e, quanto à qualidade dos conteúdos, isso condiz com a quantidade de pessoas que curtem seus vídeos, assistem até o final, favoritam e compartilham com os amigos.

Então, se você tem dúvida sobre como mudar os recomendados do YouTube, saiba que a plataforma realiza as indicações pensando nos gostos do usuário. Por isso, não existe uma fórmula mágica para ficar entre os recomendados, é preciso trabalhar para fazer um bom conteúdo que atraia o público para qual o vídeo é destinado.

Inclusive, se você ainda não está presente na plataforma e deseja saber como começar um canal no YouTube, uma dica valiosa é já começar a produzir levando em conta esses dois fatores principais, a originalidade e a qualidade. Direta ou indiretamente, são essas duas coisas que o YouTube leva em conta na hora de indicar um canal.

Utilizar o Google Ads é bom para ganhar visibilidade

Utilizar o Google Ads é uma excelente opção para ter seus vídeos promovidos pelo YouTube. O serviço é pago, mas utilizando bem o retorno, pode valer muito a pena. É possível inserir prévias dos seus vídeos como anúncios antes, durante ou depois do conteúdo de outros criadores.

Claro que não é a mesma coisa que estar entre as recomendações do YouTube, mas é uma alternativa bastante válida para quem quer crescer em um curto período de tempo. Por isso, vale a pena dedicar parte do seu orçamento para investir nisso.

Como fazer o YouTube recomendar seus vídeos: 6 passos para ter um canal conhecido

Se você leu até aqui, já sabe que as recomendações do YouTube funcionam de duas maneiras: as pessoas que acessam o YouTube sem realizar o login recebem recomendações baseadas, principalmente, na quantidade de visualizações e durações dos vídeos. Enquanto as pessoas que entram com suas contas recebem recomendações baseadas nos conteúdos que elas costumam gostar mais.

Portanto, as recomendações do YouTube são baseadas, principalmente, na experiência do usuário. Por isso, existem vários fatores que a plataforma leva em conta na hora de recomendar um conteúdo. Então, pensando em te ajudar a ganhar público e ficar entre as recomendações do YouTube, reunimos 6 passos que serão apresentados a seguir. Confira!

1. Produza vídeos originais e de qualidade

O primeiro passo para crescer no YouTube é produzir conteúdo original e de qualidade. Já foi reforçado aqui o quanto o YouTube preza por essas duas coisas e o motivo disso. O objetivo do YouTube é manter o usuário o máximo de tempo possível no site, então, quando ele percebe que seus vídeos estão sendo abandonados no meio e/ou possuem uma quantidade considerável de dislikes, entende que seus conteúdos não agradam aos usuários e não prendem sua atenção.

Além disso, quando você investe em qualidade, a probabilidade de conseguir um público fiel é muito maior. Essas pessoas também têm uma tendência maior a compartilhar seu canal com terceiros, o que é excelente para seu crescimento no YouTube.

2. Otimize sua publicação para SEO

SEO – Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca, em tradução livre) – consiste em um conjunto de técnicas utilizadas para posicionar melhor seus conteúdos em mecanismos de busca como o Google e o YouTube.

Algumas técnicas de otimização para SEO no YouTube são:

  • Pesquisar por palavras-chave em alta do seu nicho de atuação;
  • Utilizar a palavra-chave principal do conteúdo no título do vídeo;
  • Utilizar a palavra-chave principal do conteúdo na descrição do vídeo.

Fazendo isso, as chances de seu vídeo aparecer nas buscas do seu público-alvo serão muito maiores. Dessa forma, seu canal ganha mais visibilidade, seus vídeos mais visualizações e você consegue uma audiência condizente com o seu negócio.

3. Utilize títulos e miniaturas atraentes

Utilizar uma palavra-chave no título não é o suficiente para deixá-lo interessante. É preciso se dedicar para escrever um bom título que chame a atenção da audiência, sem ser mentiroso. Afinal, o YouTube não leva em conta só os cliques no conteúdo, também é importante para o canal que os usuários curtam o vídeo e fiquem até o final. Por isso, não é indicado utilizar títulos exagerados que não condizem com a realidade.

No YouTube, as miniaturas também são responsáveis por cativar os usuários e fazer com que eles cliquem em seus vídeos. Por isso, é interessante dedicar um tempo para trabalhar em miniaturas que sejam boas o suficiente para captar a atenção do público.

Mas também é importante prestar atenção para não fazer artes apelativas que não condizem com a realidade. Assim como no caso dos títulos, isso pode chatear os espectadores e fazer com que eles não assistam aos seus vídeos até o final.

4. Divulgue seus vídeos em outras redes sociais

É muito comum, em uma estratégia de marketing digital, utilizar mais de uma rede social. E, quando o objetivo é fazer parte dos recomendados do YouTube, não deve ser diferente. Divulgar seu canal do YouTube em redes como o Instagram e o Facebook faz com que o público que já te acompanha nesses canais migre também para o YouTube.

Essa estratégia funciona porque as pessoas que te seguem nas outras redes sociais já conhecem o seu conteúdo e gostam dele. Por isso, é muito mais fácil convencê-las a se inscrever no seu canal do YouTube e pedir para que elas compartilhem seus vídeos com os amigos.

5. Peça ajuda das pessoas que assistem aos seus vídeos

Você já deve estar cansado de escutar youtubers pedindo para que os espectadores se inscrevam no canal, curtam e compartilhem os vídeos. Essa prática é bastante comum no YouTube e costuma funcionar, por isso os criadores de conteúdo insistem nela.

Existe um motivo muito simples para você investir nessa estratégia. Quando o YouTube entende que as pessoas estão gostando dos seus vídeos, suas chances de aparecer entre as recomendações aumentam. Por isso, lembre as pessoas que te assistem para contribuírem com o seu canal.

6. Faça parcerias

Ações como recomendar canais no YouTube e pedir para que te recomendem de volta podem trazer um retorno significativo para o seu canal. Isso é só um demonstrativo de como funcionam as parcerias entre criadores de conteúdo.

No YouTube, fechando uma parceria com outro criador do mesmo nicho que o seu, você conseguirá atrair pessoas que se interessam pelo conteúdo postado no seu canal. Isso significa conseguir fãs fiéis e engajados.

como fazer o youtube recomenda seus videos
Veja aqui como recomendar canais no youtube | Foto: Unsplash/Leon

Portanto, agora que você sabe como funciona a recomendação do YouTube e aprendeu como fazer o YouTube recomendar seus vídeos, basta seguir o passo a passo ensinado aqui e acompanhar o crescimento diário do seu canal. Apenas lembre-se de que a visibilidade não virá de uma hora para outra. Por isso, é preciso ter paciência e esperar a hora de colher os resultados.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Benefícios do marketing terceirizado

A terceirização é um assunto bastante recorrente no mundo corporativo. Geralmente, terceirizar serviços traz maior flexibilidade e eficiência em alguns casos. Se você é um

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *