fbpx

Número de seguidores e seu significado para o marketing do seu negócio

No dia a dia de um criador de conteúdo nas mídias digitais, a preocupação com métricas como likes, visualizações, cliques, compartilhamentos, comentários e número de seguidores é parte constante do trabalho. Redes como o Instagram, Facebook, Linkedin, Twitter e YouTube são espaços de interação capazes de levar conteúdo a públicos variados que se interessem pelo seu trabalho. E, na teoria, quanto mais seguidores uma página possui, mais usuários estarão recebendo o conteúdo produzido e terão a possibilidade de se interessar pelo site ou canal.

Aprenda como conseguir seguidores no Instagram da forma correta | Imagem: Tracy Le Blanc no Pexels

Na prática, vários fatores podem influenciar nessa concepção. O algoritmo que estrutura o feed de publicações de uma rede não entrega todos os posts disponíveis a um usuário e, mesmo com muitos seguidores, uma página pode obter pouco engajamento se você optar por comprar seguidores previamente. Assim, compreender o real significado do seu número de seguidores é essencial para uma análise de métricas mais adequada e alcançar um vínculo cada vez mais forte com potenciais clientes.

Abaixo, entenda como ganhar seguidores no Instagram de forma qualitativa e compreenda a importância dessa conquista por métodos orgânicos.

A importância dos seguidores

Em cada rede social, há várias nomenclaturas diferentes para os seguidores de uma página, perfil ou canal, mas todas apresentam a mesma essência base: usuários que se interessam por seu conteúdo, seja pelo seu formato ou pelo impacto que causa na vida das pessoas. Assim, eles desejam acompanhá-lo numa rede social.

Seguindo essa lógica, o número de seguidores ajuda a chamar a atenção de outras pessoas, pois há uma “tendência” de que contas com muitos seguidores despertem curiosidade de outros. Mais indivíduos presentes na web irão ter olhares para a página, buscando compreender o tipo de relevância que faz com que outros internautas apertem o botão de “seguir”. Se um usuário já te segue, fica mais fácil fazer com que seu conteúdo seja visto por ele e com que ele interaja com a sua conta.

Qualidade x quantidade de seguidores

Uma questão que pode ser esquecida na hora de analisar a relevância de ganhar seguidores no Instagram, ou o impacto do número inscritos YouTube, é a relação indispensável entre quantidade e qualidade do número de seguidores. Um perfil com milhares de seguidores que não curtem, comentam, salvam ou compartilham postagens não é um indicativo tão positivo.

Isso pode pode indicar ou que seu conteúdo não está sendo entregue, ou que ele não gera interesse no público que te acompanha. Essa quantidade elevada de seguidores confere certa credibilidade à página perante um público novo, mas é falha pois não revela métricas eficientes sobre a qualidade das suas produções para os seguidores. O engajamento, ou seja, o empenho dos usuários em interagir de formas variadas com o conteúdo, é a métrica mais importante a ser considerada no processo de ampliação do número de seguidores, para que o público que segue a página efetivamente gere impacto com o conteúdo, ajude no crescimento dele e divulgue ainda mais, além dos vínculos de interesse já estabelecidos.

Compra de seguidores: vale a pena?

Comprar seguidores nas redes sociais é uma técnica de baixa qualidade para conquistá-los. Além da baixa eficiência e reduzido potencial de engajamento, aumentar o número de seguidores por meio da compra é facilmente identificável, pode deixar sua página estruturada em contas fantasma ou inativas e ainda infringe uma série de termos de uso de redes como o Instagram, por exemplo, na qual comprar seguidores pode levar sua conta a ser banida ou desativada temporariamente.

Se formos analisar com mais detalhes a forma como o Instagram funciona, percebemos que a compra de seguidores pode ser até mesmo um gasto sem fundamento, visto que a conta pode perdê-los a qualquer momento. Afinal, os seguidores comprados em sua maioria são bots, ou seja, contas robôs criadas apenas para gerar volume numérico nos seguidores, sem qualquer interação maior com a rede.  E, a plataforma possui mecanismos de eliminação de contas falsas. Logo, os meios de para ganhar seguidores no Instagram são diversos e vale a pena o investimento, mas comprar seguidores não é um deles.

Assim também funciona no YouTube. Comprar inscritos Youtube pode ser o caminho mais fácil, mas representará uma perda financeira, pois não causará impacto significativo no desempenho do canal e também é uma forma de violação das diretrizes da plataforma. O crescimento artificial estruturado em bots e contas fantasma não vale o risco de perder o canal de forma irreversível, nem os resultados pouco significativos na prática.

Como ganhar mais seguidores nas redes

Para aumentar o número de inscritos no YouTube e ganhar mais seguidores no Instagram, Twitter, Facebook ou outras redes, é preciso conhecer muito bem seu público-alvo ou persona para, assim, produzir um conteúdo de relevância. Pense em um material variado, que atenda às diversas curiosidades e interesses dos grupos que você deseja atrair ou manter nas páginas.

No caso de empresas, por exemplo, as redes sociais podem ser uma extensão de vendas e captação de clientes, além de uma forma de mostrar sobre o funcionamento de seus produtos, a equipe por trás de tudo e obter um contato mais próximo dos seguidores. Apesar de apresentarem um padrão geral, cada rede social necessita de algumas ações tanto técnicas quanto no formato do conteúdo que configuram formas para aumentar o número de seguidores. A seguir, saiba mais sobre isso!

Facebook

Apesar de enfrentar uma mudança de faixa etária dos usuários, com menos jovens utilizando a plataforma, o Facebook permanece uma rede social de destaque na hora de produzir conteúdo de impacto, relevância e que gere um retorno ao criador. Segundo dados publicados em janeiro de 2021 pela Statista, empresa especializada em dados de mercado, o Facebook possui cerca de 2,4 bilhões de usuários ativos por mês. E, dentre os bilhões de usuários, há vários seguidores em potencial em cada segmento, aptos a tornarem-se clientes e consumidores fiéis do seu conteúdo.

Nesse espaço, é válido pensar nos seguidores como uma tribo, com indivíduos movidos por interesses em comum buscando um espaço de convergência. No Facebook, crie um espaço de diálogo, interação e com conteúdo relevante que gere identificação para os entusiastas do seu segmento. Ser atencioso e buscar engajamento com as publicações, além de compreender bem quem você quer atingir com os posts, vai fazer com que sua página não só aumente o número de seguidores de forma quantitativa, mas, principalmente, qualitativa.

Instagram

No Instagram, lutar para chamar atenção na rolagem do feed e conseguir ser favorecido pelo algoritmo são dois pontos essenciais a serem lembrados na produção de conteúdo que irão determinar diretamente o alcance dos seus posts e a conquista de novos seguidores. Ações como usar hashtags (#) nos posts de forma adequada ajudam na questão do algoritmo, pois permitem a organização do seu conteúdo em categorias, facilitando a busca por outros usuários. Por isso, a escolha das tags não deve ser aleatória: é preciso usá-las como palavras-chave do seu conteúdo ou da proposta da sua página, para que os usuários que busquem por esses temas específicos possam encontrar o conteúdo pertinente às suas necessidades. Elas ainda podem ser colocadas nos comentários, para não atrapalhar a experiência dos seus seguidores atuais com os posts.

Já para chamar a atenção, a identidade visual é decisiva. Ganhar seguidores no Instagram torna-se muito mais fácil se uma postagem for não só interessante e clara em seu conteúdo, mas atrativa na forma. Uma paleta de cores bem definida, fontes que se adequem ao estilo do perfil e um feed organizado colaboram para atrair os olhares dos usuários em meio à quantidade significativa de posts que são disponibilizados pelo feed ou na aba “explorar”.

YouTube

Assim como no Instagram e nas outras redes sociais, comprar inscritos no YouTube não é um método inteligente para ampliar o público do seu canal. Isso se aplica de forma bem evidente também devido ao formato de monetização estabelecido pelo YouTube: o pagamento CPM (custo por mil) paga os youtubers a cada mil visualizações. Logo, se o seu canal tiver milhares de inscritos comprados, mas que não interagem com seus vídeos e não contabilizam views no seu conteúdo, o número de seguidores não influenciará na rentabilidade do canal.

Para efetivamente ganhar inscritos na plataforma, o uso de palavras-chave em um título e descrição otimizadas para SEO são práticas recomendadas, pois dão resultado nos mecanismos de busca e tornarão seu conteúdo visível a mais pessoas, incluindo potenciais novos inscritos em seu canal. A divulgação nas outras redes sociais também ajuda a convergir mais internautas a conhecerem seu trabalho. E, assim como nas outras plataformas, produzir conteúdo útil e relevante para seu nicho de atuação é decisivo na hora de conquistar mais seguidores engajados com os vídeos.

Twitter

O Twitter é, por sua essência, uma rede focada em interação intensa e constante entre as contas. Um perfil nessa rede não deve ser passivo e apenas observar a atividade dos seguidores com o conteúdo: se você possui uma conta no Twitter e busca aumentar o número de seguidores por lá, mostre interesse pela participação dos usuários, atente-se ao feed e entenda o tipo de conteúdo que chama mais a atenção também em outras páginas. Isso será possível após seguir os seus seguidores, já que, com isso, as curtidas e comentários dessas contas aparecem na timeline mesmo se forem interações com páginas sem qualquer relação direta com a sua.

Vale também fazer um retweet de questões relevantes apontadas pelos seus seguidores, pois isso irá mostrar às pessoas que você se interessa pelo que seus seguidores manifestam nas redes. E, claro, produza seu conteúdo de uma forma original e preserve seus valores enquanto marca, empresa ou indivíduo, mas com o formato adequado ao Twitter: leitura fácil, compreensão prática e capaz de despertar o engajamento na plataforma dentro do limite de caracteres.

Significado do seu número de seguidores

Por mais que o número de seguidores não seja completamente determinante para as suas métricas ou para o sucesso de seu conteúdo nas redes, se ele foi obtido sem métodos de comprar seguidores, seu significado não deve ser ignorado. Ter pessoas seguindo seu perfil revela um interesse genuíno de colaboração para o crescimento dela.

Se você possui uma quantidade significativa de seguidores, é preciso avaliar outras métricas de curtidas, comentários, compartilhamentos, dentre outros. Uma página com crescimento orgânico, que conquista seguidores fiéis, produz postagens com métricas coerentes e proporcionais ao número de seguidores desperta cada vez mais interesse e tem mais possibilidades de sucesso. Nesse caso, significa que a criação de conteúdo está no caminho certo.

Agora, se os números apresentam uma defasagem grande, isso significa que algo precisa ser feito para conquistar verdadeiramente os seguidores. Se há uma dificuldade em fazer com que os posts sejam vistos, algumas estratégias de otimização podem ser aplicadas. Se a questão estiver relacionada à forma do conteúdo, outro tipo de mudança se faz necessária. Tudo isso pode ser analisado por meio da relação “engajamento x seguidores”, o que irá contribuir diretamente para o crescimento de sua conta.

Nesse processo, não tenha medo de errar: arrisque, mude, analise as métricas do seu conteúdo nas redes e como suas estratégias aplicadas influenciaram positivamente ou negativamente no número de seguidores da página ou inscritos do canal. E, acima de tudo, não se esqueça de que por trás dos usuários estão pessoas, com interesses e necessidades. Criar uma conexão forte e humanizada que ultrapasse as barreiras digitais é um desafio, mas pode fazer a diferença para você e seu conteúdo. Com empenho e foco na qualidade do trabalho, conquistar seguidores e o engajamento deles será cada vez mais uma realidade para a sua presença digital, seja ela em qual rede social você desejar.

Referências:

https://rockcontent.com/br/blog/como-ganhar-seguidores-no-instagram/
https://telescopiodigital.com.br/o-numero-de-seguidores-no-instagram-importa/
https://herospark.com/blog/como-ganhar-inscritos-no-youtube/
https://neilpatel.com/br/blog/seguidores-no-facebook/

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *