fbpx

Tendências para as redes sociais em 2021

Na era digital, as redes sociais tornam-se cada vez mais importantes e presentes em nossas vidas. Principalmente com o início da pandemia do coronavírus e as medidas de distanciamento social indicadas pela OMS, seu uso tornou-se mais frequente no dia a dia para trocar mensagens com amigos próximos e que não podem ser vistos com regularidade. Por isso, ainda existem muitas tendências para redes sociais em 2021.

tendências 2021
Veja as principais tendências 2021 em relação às redes sociais | Foto: unsplash.com

No Brasil, por exemplo, já são mais de 140 milhões de usuários ativos nas redes sociais. Dentro dessa quantidade, 94% olham as mídias sociais por meio de um smartphone, 73% usam desktop e a média diária na Internet é de 9 horas e 17 minutos. Todos esses dados são da pesquisa “Digital in 2020”,  realizada pela We Are Social em parceria com a Hootsuite. O estudo é realizado anualmente para mostrar uma visão completa do panorama digital no Brasil e no mundo.

Com base nisso, é notável que temos muitas tendências para este ano em relação ao uso da tecnologia e das redes sociais. A seguir, saiba algumas delas! Mas, antes, compreenda a diferença entre tendência e modismo:

Tendência x modismo

A tendência é um termo que define uma nova necessidade para o público. Ela resolve problemas e pode representar um novo modo de vida, uma mudança ou um novo formato de algo que já estava (ou não) em alta. Já o modismo trata de uma moda passageira que chega rápido, viraliza e logo depois desaparece. É um comportamento que ascende de maneira muito acelerada mas não dura tanto tempo no mercado.

Tendências 2021

Aumento de usuários

Como dito anteriormente, uma tendência para as redes sociais é o aumento de usuários. Isso já ocorre todos os anos na maioria das plataformas. No Facebook, os usuários ativos no último ano foram cerca de 2,74 bilhões por mês, um aumento de 12% em relação ao ano anterior. O principal país com usuários ativos na plataforma é a Índia, com mais de 310 milhões.

Poder de engajamento

O engajamento é algo que irá crescer em 2021 em consequência ao aumento do número de usuários. O poder de persuasão e estímulo dos usuários on-line já é muito grande. O Instagram, por exemplo, apresenta uma taxa de 1,60% de engajamento por postagem. Essa é uma porcentagem bem maior que a do Facebook, que é de 0,09%, segundo estudo realizado pela Rival IQ. Neste ano, a tendência para a influência das plataformas deve ser alta e promete abrir mais espaço para os negócios digitais dentro das redes sociais, principalmente, o Instagram.

Stories

O story é uma ferramenta muito conhecida nas redes sociais que permite a publicação de um conteúdo que fica exposto para visualização por apenas 24 horas. Essa é uma tendência para os próximos anos, pois está inclusa em praticamente todas as mídias digitais atuais. Começando no Snapchat, passando pelo Instagram e Facebook e chegando até ao Twitter e YouTube, o recurso é quase um consenso de engajamento de público, dinamicidade e pode superar até as publicações feitas no feed.

redes sociais
Os stories já são clássicos nas redes sociais | Foto: unsplash.com

Redes sociais para todas as idades

Os adultos são bem presentes nas redes sociais, mas os jovens também são. Os millennials são as pessoas nascidas entre 1981 até o início dos anos 2000: essa é a principal faixa etária dos usuários nas redes sociais, de acordo com a eMarketer. Claro que, uma geração que já nasceu em meio às novas tecnologias estaria muito bem inserida nessa nova era.

No Instagram, 70% dos usuários têm menos de 35 anos de idade. O maior grupo demográfico de usuários na Internet está na faixa dos 24 e 25 anos. No Facebook, a idade mais presente está entre os 22 e 31 anos. O YouTube está bem equilibrado entre todas as idades. As plataformas com usuários mais jovens são TikTok e a Twitch, onde sua maioria tem entre 13 e 16 anos.

Na mesma pesquisa do eMarketer, a geração X (nascidos entre 1961 e 1981) alcançou uma utilização significativa de tablets e outros smartphones, com mais de 70%. Já os mais velhos, baby boomers, nascidos entre 1946 e 1960, que antes eram bem carentes das novas tecnologias, estão cada vez mais integrados às redes sociais e plataformas digitais.

Negócios digitais

No ano passado, o Instagram teve uma média de postagens comerciais de uma vez por dia em toda a plataforma. 50% das pessoas que visitaram um site linkado na rede fizeram alguma compra após verem algum produto e mais de 130 milhões de usuários postam tags dos seus produtos na aba shopping por mês. Esses são dados divulgados pelo site Hootsuite e dizem qual o motivo dos negócios digitais tenderem a crescer muito em 2021, principalmente o Instagram.

O alcance a novos consumidores para os seus negócios digitais é mais uma tendência para as redes sociais. Uma pesquisa feita também pela Hootsuite, em 2020, mostrou que 73% das empresas entrevistadas têm a meta de conquistar mais clientes com o uso das redes sociais. Por essa razão, o seu uso estratégico é uma das principais apostas para este ano. Fidelizar os clientes e oferecer boas experiências com sua marca é um dos grandes diferenciais para isso. O marketing digital precisa ser eficaz e demonstrar conteúdos de qualidade. Com suas estratégias, você conseguirá seguir com sucesso as últimas tendências para redes sociais e ser, cada vez mais, notável em ambiente digital.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Bruno Ávila

Bruno Ávila

Bruno Ávila é publicitário e especialista em Marketing Digital. Um dos precursores do mercado de infoprodutos no Brasil. Hoje Ávila está a frente do Ser Notável, escola que ajuda pessoas a serem percebidas como autoridade através das redes sociais.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *